Rogério Ceni indica retorno de dupla para clássico contra o Palmeiras

Marcelo Baseggio - São Paulo,SP

06-03-2022 07:00:03

O técnico Rogério Ceni indicou que dois importantes jogadores do São Paulo podem voltar a ficar à disposição para o clássico contra o Palmeiras na próxima quinta-feira: Patrick e Luan. Ambos vem treinando com o elenco há alguns dias, após realizarem trabalhos específicos para recuperar a forma física, e devem, enfim, figurarem como opções no Choque-Rei.

“Para quinta-feira, acho que Luan e Patrick devem ter condições de serem convocados. Aí terei que encontrar lugar no elenco para colocar esses jogadores. Isso é bom, mas também gera um aperto para o treinador, que vai ter que deixar alguém de fora dos 23 convocados. Por isso, prefiro trabalhar com um elenco não muito grande”, disse Ceni.


Patrick se recuperou recentemente de uma lesão na região posterior da coxa direita após disputar apenas dois jogos pelo São Paulo, contra Guarani e Ituano. O meio-campista é um dos seis reforços do Tricolor para 2022 e está afastado dos gramados há mais de um mês.

Já Luan ainda não teve a oportunidade de atuar sob o comando de Rogério Ceni. O volante sofreu uma lesão bastante incomum (avulsão tendínea no adutor esquerdo) logo no primeiro treino do ídolo são-paulino, na véspera do confronto com o Ceará, pelo Brasileirão do ano passado, e desde então vem lutando para se recuperar fisicamente.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Além da dupla, há a expectativa de Nikão também voltar a ser relacionado após se recuperar da covid-19. O atacante voltou a treinar na última sexta-feira, mas, por causa do protocolo da Federação Paulista de Futebol, não pôde enfrentar o Corinthians.

O São Paulo folga neste domingo, mas alguns atletas trabalharão no CT da Barra Funda para acelerar o processo de recondicionamento físico, algo que foi valorizado pelo técnico Rogério Ceni na coletiva após a partida contra o Corinthians.

“Nikão pediu para treinar na folga do elenco, porque estava afastado cumprindo o protocolo de covid. Luciano muito tempo parado, também tentando trabalhar, Patrick também muito tempo parado. Alguns são mais privilegiados fisicamente, outros não”, ressaltou.

Deixe seu comentário