Futebol/Campeonato Paulista

Michel Bastos rebate “blá-blá-blá” de Dudu e mira título paulista

Ana Carolina da Silva, especial para a GE.Net - São Paulo , -
20/01/2015 08:00:00

Em: Campeonato Paulista, Futebol, Palmeiras, Região Sudeste, São Paulo

A novela entre o São Paulo e o atacante Dudu pode ter chegado ao fim com a transferência do jogador para o rival Palmeiras, mas nem por isso o atleta deixou de ser assunto no Tricolor. Após a sua coletiva no CCT da Barra Funda, o polivalente Michel Bastos concedeu entrevista exclusiva para a Gazeta Esportiva.NET, garantindo uma resposta categórica às declarações recentes do novo reforço palmeirense.

“Eu não gosto de entrar nesse tipo de ‘blá-blá-blá’. Se ele gosta, é problema dele. Ele respeitando a camisa do São Paulo, que é um grande clube, pra mim é o que basta. É só isso que eu tenho a comentar. Eu não posso falar por ele, mas eu respeito a camisa que eu visto e as camisas dos clubes que eu vou enfrentar, seja Palmeiras ou Corinthians. Ele disse que ia ‘tentar’ fazer o gol para comemorar com provocação, mas eu acredito que ele só vai tentar mesmo. Tenho quase certeza de que ele não vai fazer gol contra o São Paulo, não”, afirmou Michel em conversa exclusiva com a GE.NET.

A resposta do jogador do São Paulo se refere aos comentários de Dudu durante sua apresentação no Alviverde, quando declarou que tentará balançar as redes contra o time do Morumbi para comemorar “com um chapéu”, fazendo alusão à sua negociação fracassada com o Tricolor.

Michel classificou as polêmicas declarações de Dudu no Palmeiras como
Michel classificou as polêmicas declarações de Dudu no Palmeiras como “blá-blá-blá” – Credito: Divulgação/São Paulo FC

Questionado pela reportagem a respeito do jejum do São Paulo no Campeonato Paulista – a última vez que o clube conquistou o torneio foi há 10 anos, em 2005 –, Michel Bastos tratou de garantir o título como objetivo para a primeira metade da temporada.

“O São Paulo é um grande clube, com grandes jogadores. Acho que chegou a hora de parar por aí esse jejum, não podemos deixá-lo chegar a 11 anos. Acho que vamos ser muito cobrados por esses títulos, e temos Paulista, Brasileiro e Libertadores. O objetivo é entrar a mil em todas essas competições, para que a gente possa terminar o ano com as taças que faltaram no ano passado. Esse é o projeto e a vontade de todos. Queremos ganhar títulos, e vamos começar pelo Paulista”, garantiu o jogador.




×
Quer receber notícias do São Paulo?