Jandrei mira acabar com desconfiança no gol: “Trabalhando para estar à altura”

Marcelo Baseggio - São Paulo,SP

21-06-2022 00:26:53

Jandrei protagonizou boas defesas nesta segunda-feira, contra o Palmeiras, no estádio do Morumbi, mas elas não foram suficientes para evitar uma nova derrota para o rival, desta vez pelo Campeonato Brasileiro.

O goleiro são-paulino interveio de forma providencial tanto no primeiro quanto no segundo tempo, mas, nos acréscimos, os zagueiros palmeirenses, enfim, conseguiram estufar as redes e acabar com a festa no Morumbi.

“Eu venho trabalhando e me dedicando para entregar o melhor, para estar à altura de jogar no São Paulo. Vou seguir trabalhando para que a gente consiga as vitórias e fazer grandes jogos, colocar o São Paulo no lugar mais alto das tabelas e ganhando os títulos para tirar essa desconfiança não só no gol, mas que deve estar existindo em uma forma geral. A derrota dói, mas o campeonato é longo e não podemos parar”, disse Jandrei.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Na próxima quinta-feira, o São Paulo volta a encarar o Palmeiras no Morumbi, desta vez pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Para o Tricolor, essa partida é mais que uma chance de se aproximar da, hoje distante, classificação. É também uma oportunidade para a equipe comandada por Rogério Ceni recuperar sua autoestima.

“Temos que entrar concentrados. É um jogo de 180 minutos. Temos que estar preparados para esse jogo mais longo, para que a gente consiga fazer um bom resultado na quinta para ir fora de casa com alguma vantagem. Derrota dói hoje, mas temos que nos recompor e pensar na quinta-feira”, prosseguiu.


Nos últimos sete jogos, o São Paulo sofreu sete gols no segundo tempo. A pane na metade final das partidas vem preocupando a comissão técnica, que ainda não encontrou uma explicação para isso, assim como Jandrei.

“A gente vem trabalhando o sistema defensivo para não sofrer tanto. Estávamos fazendo grandes jogos, com o adversário não finalizando tanto. Temos que ver o que erramos, aprender e saber assimilar a derrota para crescer e buscar coisas grandes”, concluiu.

Deixe seu comentário