Tricolor garante permanência de Rogério e nega contato por Bauza

José Victor Ligero - São Paulo,SP

14-06-2016 12:38:42

Após a derrota por 2 a 1 para o Atlético-PR, no último sábado, em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, o presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, acenou com a possibilidade de o atacante Rogério deixar o Morumbi por problemas pessoais. No entanto, nesta terça-feira, o diretor executivo de futebol, Gustavo Vieira de Oliveira, garantiu a permanência do jogador, que tem contrato com o clube até 1º de setembro de 2018 e interessava ao Sport.

"Ele fica", garantiu o dirigente a jornalistas durante o treino comandado por Edgardo Bauza na manhã desta terça-feira. Conhecido pela alcunha de "Neymar do nordeste", muito em função de seu antigo corte de cabelo e pela fase de goleador que viveu com a camisa do Vitória, Rogério soma 18 partidas na atual temporada, nas quais anotou três gols, acumulando 481 minutos em campo. Ao todo, fez balançou sete vezes as redes com a camisa tricolor, a qual veste desde o último trimestre de 2015.

Em 2016, o atacante foi considerado o herói da classificação são-paulina à fase de grupos da Copa Libertadores da América ao anotar o gol da vitória por 1 a 0 sobre o César Vallejo, no Pacaembu, no jogo de volta da eliminatória. No último sábado, o atacante sequer foi relacionado para a partida diante do Furacão, em que Ytalo fez o papel de armador no lugar de Paulo Henrique Ganso, que estava a serviço da Seleção Brasileira na Copa América Centenário, nos Estados Unidos.

Nesta manhã, Rogério participou normalmente do coletivo do Patón, fazendo parte do time reserva e deve ser relacionado para o confronto com o Vitória, nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), pela oitava rodada do Brasileirão.

Bauza no Paraguai?

Nesta terça-feira, o jornal La Nación especulou Edgardo Bauza como candidato a assumir o comando da seleção paraguaia, que demitiu o argentino Ramón Díaz do cargo de técnico após a eliminação da equipe na Copa América.

No entanto, Gustavo Vieira de Oliveira negou qualquer contato da federação paraguaia com o clube paulista. O Patón, inclusive, já manifestou publicamente o desejo de renovar com o Tricolor.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?