Diniz concorda com críticas da torcida, mas evita justificar goleada por desfalques

Marcelo Baseggio - São Paulo,SP

07-01-2021 07:00:12

Fernando Diniz não quis e nem tinha argumentos para contrariar a torcida após a goleada sofrida para o Red Bull Bragantino em Bragança Paulista. Com o resultado, muitos são-paulinos ficaram furiosos nas redes sociais, e o comandante tricolor não minimizou a péssima atuação da sua equipe na noite desta quarta-feira.

“Temos que saber respeitar o sentimento do torcedor, trabalhar mais, entregar mais. Trabalhar muito para poder entregar essa conquista que o torcedor merece. O torcedor tem todo o direito de se sentir revoltado com a derrota”, afirmou Fernando Diniz.


Um dos motivos levantados para a derrota acachapante do São Paulo no Campeonato Brasileiro foi a ausência de jogadores importantes na partida contra o Red Bull Bragantino. Luciano (inflamação no joelho), Pablo (contratura muscular), Juanfran (questões pessoais), Luan (suspenso) e Toró (covid-19) não foram relacionados para a partida.

Mas, de acordo com Diniz, não foram os desfalques que prejudicaram o rendimento do São Paulo. Após a eliminação na semifinal da Copa do Brasil para o Grêmio, o Tricolor, aparentemente, não conseguiu sacudir a poeira, mas, por sorte, não viu sua vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro diminuir, já que o Flamengo acabou perdendo para o Fluminense no Maracanã.

“Estou contente com o elenco que tenho, é esse elenco que nos trouxe até aqui no Campeonato Brasileiro, que chegou à semifinal a Copa do Brasil. Não tem nada de olhar pro banco e não ter opção. Esse é o nosso time, temos opções. Não foi porque um ou outro não estava em campo que perdemos o jogo. Perdemos o jogo por erros individuais, por mau posicionamento do time em campo”, concluiu Diniz.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?