Santos perde em posse de bola, mas Dorival quer que time arrisque

Do correspondente Tiago Salazar - Santos,SP

16-03-2016 07:00:03

Pela primeira vez o Santos teve menos posse de bola que seu adversário neste Campeonato Paulista. Apesar de ter vencido o XV de Piracicaba por 1 a 0 na noite desta terça, a equipe de Dorival Júnior dominou as ações em 49,3% das ações, enquanto o time do interior do Estado ditou o ritmo em 50,7% do tempo. Os donos da casa também finalizaram mais. Foram nove tentativas, mas apenas um no alvo. Já o Peixe concluiu a jogada apenas três vezes para marcar um gol.

“Eles estão dificultando. Estão fazendo uma marcação alta. Nós estamos abrindo para dar opção para o Vanderlei, mas não estamos conseguindo sair com o toque de bola”, disse Gustavo Henrique, já no intervalo do confronto, expondo o problema da equipe.

Mesmo assim, os jogadores santistas tentaram diversas vezes sair jogando, mesmo sob pressão. Em algumas oportunidades, Vanderlei precisou driblar o adversário. Em uma das tentativas, o goleiro perdeu a dividida com a marcação e o Santos só não levou o gol porque Henrique Santos errou o alvo.

“Vai acontecer. Como nós vamos pressionar também. A equipe tem que arriscar, jogar, pôr a bola no chão e, mesmo em momentos difíceis, não tem problema, não. Mas não tem isso de ‘obrigatório’. O jogador sente. Na hora de dar o bicão, ele tem total liberdade para fazer aquilo que ache que deva fazer”, avisou o treinador.

Foram alguns erros no posicionamento de sua defesa na primeira etapa, Dorival Júnior entende que o Santos não foi eficaz e não fez um jogo agradável em função do gramado, que ficou encharcado após a forte chuva que caiu durante a disputa.

Por isso, o técnico preferiu enaltecer os 21 pontos somados até aqui, que coloca o alvinegro na liderança geral do Paulistão. Dorival garante que não espera esse aproveitamento após dez partidas na competição.

“Sinceramente, não. O que nós queríamos era liderar a posição do nosso grupo. Nós temos consciência que o Corinthians (vice-líder geral com 18 pontos) tem um jogo a menos. Estamos concentrados completamente no Paulista, vamos brigar pela melhor colocação possível, porque é natural que dê uma situação melhorada”, avaliou o treinador.

Deixe seu comentário



×
Quer receber notícias do Santos?