Pituca ganha função diferente com Jesualdo e busca se adaptar ao novo Santos

São Paulo, SP

06-02-2020 07:00:32

O Santos de Jesualdo Ferreira ainda patina e busca encontrar os caminhos mais adequados para desempenhar um melhor futebol em 2020. Um dos jogadores que mais tem sentido na pele a mudança de comando técnico do Peixe é Pituca, que passou a ter uma função diferente nesta temporada.

Jesualdo já deixou claro que quer armar sua equipe preferencialmente em um 4-3-3 e, para esse esquema do treinador, o primeiro volante precisa ter um maior poder de marcação. Por isso, o português já optou por Alison e Jobson para a posição.

Com Jorge Sampaoli, Pituca atuou diversas vezes como o primeiro homem à frente da linha defensiva. O volante era escalado ali para trazer mais qualidade à saída de bola do Santos. Mesmo quando jogava na companhia de Alison, o camisa 21 atuava em uma faixa mais recuada no meio-campo, para receber a bola diretamente dos zagueiros.

Já em 2020, Pituca passou a ter um peso maior na armação do Peixe. Isso porque os pontas do Alvinegro Praiano comandado por Jesualdo participam menos das construções das jogadas e se posicionam mais próximos da zona de finalização.


Dessa forma, os dois meio-campistas mais ofensivos do tripé armado na zona central do campo precisam ser mais ativos no terço final, inclusive com passes para finalizações dos atacantes. Até o momento, Pituca disputou quatro jogos nesta temporada e não marcou nenhum gol, além de não ter colaborado com assistências.

Depois de perder para o Corinthians no último final de semana, o Santos permaneceu com sete pontos, na liderança do grupo A do Campeonato Paulista. Na próxima rodada, o Peixe recebe o Botafogo-SP, na Vila Belmiro, na segunda-feira, às 20h.

Deixe seu comentário