Futebol

Jesualdo diz não se irritar com comparação a Sampaoli, mas pede “respeito”

São Paulo , SP
27/01/2020 23:01:03 — 27/01/2020 23:46:43

Em: Campeonato Paulista, Escolha do editor, Futebol, Notícias, Santos

A atuação não convenceu, mas Jesualdo Ferreira venceu sua primeira partida à frente do Santos. Em entrevista coletiva concedida no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, na noite desta segunda-feira, o português evitou a comparação com o ex-comandante do Peixe, Jorge Sampaoli.

Jesualdo disse não se irritar com comparação (Foto: Divulgação/Ivan Storti)

“Isso não me irrita. Só é preciso respeitar todos os treinadores, porque ninguém é igual. Muitos treinadores que são campeões não têm os mesmos métodos”, comentou.

Questionado a respeito da falta de intensidade no seu estilo de jogo, Jesualdo, assim como aconteceu após o jogo contra o Bragantino, pediu calma e destacou o curto período de tempo que teve para trabalhar com o elenco.

“Eu tenho dois jogos. Não sei o que vai acontecer. Meu time não vai ser igual, os jogadores não são os mesmos. Eu vou preparar a minha equipe. A equipe vai jogar no nível de alguns jogos do ano passado, mas em outras terá mais dificuldades, como todas as equipes. Como você quer jogar com intensidade em dois jogos? Só se joga de maneira intensa quando tem capacidade para jogar com intensidade. Você não me conhece há um ano, só há quinze dias”, finalizou.

Em busca de embalar no Campeonato Paulista, o Santos terá pela frente a Inter de Limeira, que venceu o Bragantino também nesta segunda-feira. A partida está prevista para esta quinta-feira, às 19h15 (de Brasília), na Vila Belmiro.




  • Cristiano lima

    Não temos treinador….time apático sem vontade..sem nenhum esquema…estou procupado…precisamos de treinador.. ..urgente…

    • Jairo Dorval

      Tive a mesma mesma impressão, jogadores em início de campeonato
      e já apaticos e sem intensidade.time sem um armador e meio campo sem pegada.espero melhoras, mas aí vai ter que ter o dedo do técnico…por enquanto, está de luvas ainda …

      • Joaquim Xavier

        O time no primeiro tempo teve momentos que controlou bem o jogo, já diferente do que foi na estreia…
        Temos que ter paciência e dar tempo a equipe para se ajustar e melhorar. O campeonato paulista é para isso…

    • Joaquim Xavier

      Não temos treinador????
      Menos cara, menos …
      Quem é você para julgar o trabalho de um treinador após 15 dias???

  • Joaquim Xavier

    Foram apenas 15 dias de trabalho , 2 jogos e já tem gente criticando o técnico.
    Será que para ser torcedor tem que deixar a inteligência de lado???
    Comparar o trabalho de Jesualdo depois de 15 dias com o do Sampaoli depois de 1 ano é brincadeira (espero que todos que fazem isso sejam dispensados de seus empregos durante o período de experiência por não desempenharem em 15 dias o que o funcionário anterior fazia com 1 ano…)
    Lembrar que no inicio de Sampaoli levamos goleadas do Ituano e Botafogo e tinhamos Gustavo Henrique e Aguilar na zaga (Verissimo tbem estava contudido) e Rodrygo no ataque….

    • Thiago Galvão

      Cara penso igual a voce, sou Santista fanatico mas sei ter bom senso, e os torcedores santistas são totalmente sem noção em alguns momentos, ridiculo querer resultados com 15 dias de trabalho, igual voce mesmo destacou, tomamos goleada do Ituano, Botafogo e o Palmeiras tambem, ridiculo e falta de respeito querer comparar!!! Tem muito torcedor do Santos que é ridiculo, não vai no estadio, não apoia o time, e só sabe criticar é realmente lamentável essa parte da torcida!!!

  • Alexander

    Aos corneteiros do trabalho de Sampaoli, que o chamavam de professor pardal, que não ganhou nada, que criticaram sua forma de jogar por causa das variações de escalações…. Aviso:

    Vão sentir saudades em breve!…assim que a teimosia deixar de ser remela e os olhos abrirem.

    Ficamos mal acostumados a ver um time combativo, rápido, intenso e com muitos jogadores finalizando.

  • Carlos Roberto de Souza Santos

    A equipe já era apática em 2019! O que tinha de diferente, que realçava o sabor, era o técnico. Este sim! Queria ver o time jogando, é jogando pra frente.
    Quando anunciaram a contratação deste técnico, demonstrei preocupação pela idade dele. Houve um que perguntou o que a idade dele tinha com isso. Por acaso ele iria jogar?
    Respondi que em alguns jogos ele deveria jogar sim, pois os pernas de pau tem dificuldades de entender o conceito do futebol, que é fazer gol.
    Sugiro termos paciência com este técnico e esperarmos uns 15 anos até as coisas se ajustarem!

  • Sidney Frederico

    Quem convenceu foi o Tiago Nunes e o futebol apresentado diante do MIRASSOL. Ah! essa imprensa!!!

×
Quer receber notícias do Santos?