Braz lamenta expulsão, mas avisa: "Temos que assumir nossos erros"

São Paulo, SP

10-06-2018 21:29:49

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

O zagueiro David Braz deixou o campo da Vila Belmiro incomodado com os erros do árbitro Wagner do Nascimento Magalhães, mas não quis encobrir a atuação inconstante do Santos na derrota por 2 a 1 para o Internacional, na noite deste domingo, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"Não culpo totalmente a arbitragem, temos que assumir os nossos erros, mas se não tivesse o pênalti o jogo seria mais equilibrado", comentou o defensor, lembrando do lance em que o juiz anotou penalidade de Renato sobre Iago, ainda no primeiro tempo. Na ocasião, os dois se chocaram claramente sem contato faltoso do santista.

"Ele também acabou expulsando o Lucas Veríssimo e facilitou para o Inter. Já estava difícil com 11 contra 11. A gente lutou, espero que o torcedor entenda isso", relembrou Braz, que viu o companheiro ser expulso após o 2 a 1 do Inter, depois de muita reclamação com o auxiliar.

"Teve um pênalti duvidoso para o Internacional no primeiro tempo, o árbitro mesmo falou que estava em dúvida e decidiu marcar porque teve o choque. Depois acho que ele acabou compensando no lance do Gabriel, não achei que houve falta ali", reconheceu o jogador, citando a queda de Gabigol no começo do segundo tempo, prontamente recompensada pelo juiz com a penalidade do empate alvinegro.

"Ali na bola parada o Cuesta estava na frente. Enfim... ficamos com um a menos, corremos atrás e criamos oportunidades, infelizmente não conseguimos concluir. Tem que levantar a cabeça, tem muita coisa pela frente, o resultado não foi bom, mas temos que reagir", concluiu.


 

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Santos?