Futebol/Campeonato Pernambucano

Ricardinho assume a responsabilidade por derrota e defende Bruno

GazetaEsportiva.net - Recife , PE -
23/02/2015 15:54:00

Em: Campeonato Pernambucano, Futebol, Santa Cruz

A derrota por 1 a 0 para o Salgueiro no Arruda foi a terceira do Santa Cruz em quatro jogos disputados até agora pelo Campeonato Pernambucano. Com a sequência de maus resultados, a equipe segura a lanterna do hexagonal do título da competição. Diante do momento delicado, o técnico Ricardinho preferiu blindar o elenco e tomar para si a culpa pelo último revés.

“Eu sou um péssimo perdedor, mas assumo a responsabilidade pelos resultados. A responsabilidade do trabalho é minha, eu assumo isso”, pontuou, antes de ressaltar que confia na qualidade do plantel. “Acredito no potencial dessa equipe. Acredito nas condições dos jogadores”, declarou ao portal Superesportes-PE.

O goleiro Bruno, que sofreu oito gols nos quatro jogos da equipe no Estadual, vem sendo fortemente criticado pela torcida. No duelo contra o Salgueiro, o ex-palmeirense hesitou na hora de sair para tirar a bola de Valdeir no alto e ainda defendeu o cabeceio do atacante, mas a sobra ficou nos pés de Berger, que marcou o tento da vitória mandante. Ricardinho fez questão de sair em defesa do goleiro, afirmando que ele não é o culpado pela derrota ou pela má fase do time.

Ricardinho assumiu toda a responsabilidade pela derrota deste domingo e saiu em defesa do criticado goleiro Bruno
Ricardinho assumiu toda a responsabilidade pela derrota deste domingo e saiu em defesa do criticado goleiro Bruno – Credito: Divulgação

“Não é culpa do Bruno ou de qualquer outro jogador. O Bruno tem jogado desde o começou da temporada. Sou eu quem escalo. Claro que converso com o Bosco (preparador de goleiros), mas a responsabilidade é minha e assumo isso”, disse o técnico, voltando a chamar as cobranças para si. Com relação à possibilidade de substituir o arqueiro para a próxima partida, Ricardinho despistou. “Eu posso escolher o Fred, colocar o Thiago quando voltar ou continuar escalando o Bruno”.

O treinador ainda analisou a derrota, na qual, segundo ele, o Santa teve momentos de superioridade, mas não aproveitou as chances criadas. “Sem dúvida nós tivemos um primeiro tempo com muitas oportunidades. Tivemos uma postura de trabalho com bola interessante. Criamos oportunidades, mas infelizmente não conseguimos concretizá-las no placar, transformar essa superioridade em gol”, avaliou.

Na próxima rodada, o Santa Cruz fará clássico contra o Náutico, fora de casa. A partida, que acontece às 22h (de Brasília) desta quarta-feira, se apresenta como uma oportunidade para o time recuperar a confiança no início de temporada – ou se complicar ainda mais.