Futebol Internacional/Copa da Itália

Roma leva 7 a 1 da Fiorentina e pressão sobre técnico aumenta

São Paulo , SP
30/01/2019 17:38:48 — 30/01/2019 17:44:05

Em: Escolha do editor, Futebol Internacional, Futebol Italiano, Roma
A Roma do meio-campista Nicolo Zaniolo levou 7 a 1 da Fiorentina nesta quarta (Foto: Isabella Bonotto/AFP)

A Roma sofreu um dos maiores vexames de sua história durante a tarde desta quarta-feira. Jogando em Florença, o time da capital italiana foi goleado pela Fiorentina por 7 a 1, em duelo válido pelas quartas de final da Copa da Itália.

O gols da Viola foram marcados pelos atacantes Federico Chiesa (3), Giovanni Simeone (2), filho de Diego Simeone, Luis Muriel e pelo meio-campista Marco Benassi. O solitário tento da Roma foi anotado pelo lateral esquerdo Aleksandar Kolarov.

A Fiorentina precisou de apenas 18 minutos para abrir 2 a 0, com dois gols de Chiesa. Kolarov descontou pouco depois, mas Muriel ampliou ainda antes do intervalo.

Na etapa complementar, Benassi marcou o quarto para o time da casa, praticamente sacramentando a vitória. Mas a Viola queria mais: entre os 22 e os 44 minutos, a Fiorentina marcou mais três gols, dois deles anotados por Simeone e outro por Chiesa.

A humilhante derrota coloca ainda mais pressão sobre o técnico Eusebio Di Francesco, que faz campanha apenas mediana com a Roma no Campeonato Italiano – o time giallorossi ocupa o quinto lugar, 25 pontos atrás da líder Juventus.

Para piorar, a crise no clube da capital se intensifica às vésperas das oitavas de final da Liga dos Campeões. A Roma encara o Porto no dia 12, no Olímpic, pelo jogo de ida. A volta acontece em março.

Ambos os times voltam a campo no próximo domingo. Pela 22ª rodada do Campeonato Italiano, a Fiorentina visita a Udinese, às 12 horas (de Brasília), enquanto a Roma recebe o Milan às 17h30 do mesmo dia.

Nas semifinais da Copa da Itália, a Fiorentina enfrentará o vencedor do duelo entre Atalanta e Juventus, que se enfrentam nesta tarde, em Bérgamo.