Volante da Lusa tem carro danificado após derrota para o Boa

Tomás Rosolino - São Paulo,SP

04-09-2016 15:09:15


A derrota da Portuguesa por 2 a 0 para o Boa Esporte na manhã deste domingo, no estádio do Canindé, deixou revoltados os mais de mil torcedores da equipe que compareceram ao local. Além de diversos xingamentos e algumas revoltas entre os próprios aficionados já no estacionamento do clube, o volante Mateus teve o seu carro atingido por uma pedra que amassou parte do capô.

O veículo estava na parte privativa aos atletas, pela qual só se chega após passar por um bloqueio de seguranças da Lusa. O artefato, porém, foi lançado por cima de um muro enquanto dezenas de torcedores protestavam contra a má exibição diante dos mineiros e a possibilidade real de a equipe cair para a Série D do Brasileiro. "Raça, c..., a Lusa é tradição", foi um dos gritos entoados. Não há informação sobre quem atirou a pedra.

Mateus, que estava dentro do vestiário quando a confusão ocorreu, só soube do dano quase meia hora depois, avisado por um colega de equipe. Transtornado com o fato, ele saiu rapidamente para observar a gravidade do problema, reclamando bastante. "É brincadeira isso", bradou o meio-campista, inconformado com a cena que acabara de ver.

Questionado pela reportagem da Gazeta Esportiva se gostaria de dar entrevista para comentar o caso, Mateus disse que preferia não falar. Sentado em um dos bancos ao redor do vestiário, ele foi consolado por alguns companheiros do elenco e funcionários da Rubro-Verde. O clima no local, como poderia se esperar, estava carregado de caras tristes e pouquíssimas palavras.

Poupado das críticas "por ter chegado agora", o técnico Márcio Ribeiro foi mais um expoente da decepção pela péssima campanha na terceira divisão, mas manteve o otimismo ao tratar da permanência da equipe. "Não esperávamos perder esse jogo contra o Boa, é claro, mas ainda temos duas partidas pela frente. É possível livrar a Portuguesa", afirmou o comandante.

Com apenas 11 pontos conquistados em 16 jogos disputados, a Lusa está quatro pontos atrás do Macaé, primeiro time fora da zona de rebaixamento, e pode entrar em campo na próxima rodada já rebaixada. O rival fluminense visita o Juventude, às 11h (de Brasília) do domingo e, se ganhar, não poderá mais ser alcançado pelos paulistas, que enfrentam o Guaratinguetá, às 18h30 do mesmo dia, no Canindé.

Deixe seu comentário