Sem acordo, Ponte rescinde contrato com Aranha

São Paulo, SP

01-02-2018 15:29:26

Aranha foi revelado pela Ponte Preta nos anos 2000, passou por outras equipes e estava prestes a completar a 12ª temporada pelo clube. No entanto, na manhã desta quinta-feira, a diretoria da Macaca rescindiu o contrato e colocou fim, pelo menos por enquanto, nesta história.

Em sua segunda passagem, o arqueiro tinha contrato até o fim de 2019 e teria direito a receber cerca de R$ 3,5 milhões, entre salários e benefícios, sem contar com os atrasos da temporada passada. A diretoria comunicou que não houve acordo. “Infelizmente não chegamos a um consenso, tentamos de várias formas uma rescisão amigável. O clube passa por uma reformulação financeira.Trata-se de um grande profissional, uma pessoa correta, um ídolo da torcida, mas infelizmente não conseguimos dar sequência”, disse o diretor de futebol Ronaldão.

Apesar de ter dito que gostaria de finalizar sua carreira na Ponte, Aranha deve ir à Justiça para conseguir cobrar todos os direitos. O diretor tentou amenizar: "Às vezes uma rescisão é traumática, ainda mais quando se trata de um profissional com identificação com o clube., mas o Aranha sempre foi tratado com respeito e dignidade. Tive o prazer de jogar com ele em outra época no clube, é um grande amigo e espero que tenha um futuro brilhante. Como já disse, porém, infelizmente não houve um consenso e por isso para o Departamento de Futebol este assunto agora se encerra e nosso foco é totalmente na disputa do Paulista.”

A Ponte Preta conta com o goleiro Ivan, Guilherme e Vinícius, ex-Palmeiras, e enfrenta o Ituano no próximo sábado, fora de casa, pela quinta rodada do Campeonato Paulista.

 

Deixe seu comentário