Futebol

Executivo de futebol da Ponte Preta fala sobre a reformulação

São Paulo , SP
03/07/2019 16:37:06

Em: Brasileiro Série B, Futebol, Ponte Preta
Ponte Preta reduziu 35% da folha salarial (Foto: PontePress)

Próximo de completar três meses no cargo, o Executivo de futebol da Ponte Preta, Gustavo Bueno, falou sobre os impactos de suas ações para a saúde financeira e desempenho esportivo do clube. Entre as mudanças aplicadas destaca-se a reformulação do elenco. Com 11 saídas e seis novas contratações, foi possível reduzir cerca de 35% da folha salarial. 

Sobre esse processo de reformulação, o dirigente comentou: “Temos conseguido atingir os objetivos que traçamos desde a chegada. Até como uma solicitação da diretoria para que déssemos uma estruturada no elenco sem perder qualidade. Acredito que nesses dois meses e meio o saldo foi positivo. Tivemos nove saídas, ainda para finalizar também com o Giovanni e o Facundo, e seis contratações”. 

Foram meses de trabalho árduo, para movimentar as peças no mercado, realocar atletas, buscar contratações pontuais para qualificar o elenco e acredito que agora podemos focar mais nesses 30 jogos que vem a seguir, sempre com o objetivo nosso, que é o acesso”, completou. 

Ainda sobre as entradas e saídas de jogadores, Gustavo alega que o clube está atento no mercado, visando reforçar as posições carentes da equipe. 

 “O principal objetivo, que era a readequação financeira, nós conseguimos ajustar com essas eventuais saídas. Evidente que existe uma lacuna e todo jogador de qualidade, que entendamos que possa nos ajudar, estamos abertos a negociações. Não fechou o ciclo de contratações, mas com calma, situações pontuais, para fortalecer nosso elenco.” 

Com oito rodadas disputadas, a Ponte Preta detém a quarta colocação na Série B, acumulando quatro vitórias nos últimos cinco jogos. Ainda restam 30 partidas para que a Macaca corra atrás de seu principal objetivo para a temporada: o acesso à primeira divisão. 

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com