Futebol/Campeonato Paulista

Após empate, Guto Ferreira pede mais regularidade aos jogadores

GazetaEsportiva.net - Campinas , SP -
09/03/2015 15:18:00

Em: Campeonato Paulista, Campeonatos, Campeonatos Estaduais, Futebol, Ponte Preta, Região Sudeste

No duelo entre as melhores equipes do interior de São Paulo, Mogi Mirim e Ponte Preta acabaram empatadas em 2 a 2 e terminaram a oitava rodada ainda como segunda colocadas de seus grupos, 1 e 2 respectivamente. Contudo, Guto Ferreira, técnico da Macaca, não ficou satisfeito com o resultado, já que sua equipe chegou a abrir 2 a 0 de vantagem e acabou cedendo à igualdade no segundo tempo. Assim, ele aproveitou para pedir mais consistência aos seus jogadores durante toda a partida.

“Eu tenho a leitura que o nosso time jogou apenas 30 minutos, porque no primeiro tempo nosso time já caiu e se acomodou. Até criamos algumas situações para matar o jogo, mas quem não mata morre. Ainda bem que não morremos com derrota, porque assim como nós tivemos situações para matar o jogo, eles também tiveram. Vamos conversar bastante durante a semana e temos que fazer ajustes porque não ficou legal, não ficou bem. Fomos intensos, marcamos forte e soubemos criar e utilizar os espaços, mas depois deixamos de marcar na frente e o Mogi Mirim é muito veloz e com espaço eles crescem muito”, analisou o comandante.

Entretanto, mesmo admitindo que a Ponte deveria ter saído do Romildão com os três pontos na bagagem, Guto Ferreira ressaltou que o time não pode desanimar com esse empate. Afinal, a Macaca continua na zona de classificação para a próxima fase e jogou contra uma equipe que também vive boa fase na competição.

“Estamos com cinco pontos de vantagem para o terceiro colocado e forte na briga pela classificação. Acredito que não seja a hora de entrar em parafuso. O empate fora de casa é um resultado bom. O que aconteceu é que mediante aquilo que criamos e construímos na partida sofrer o empate não ficou bom”, afirmou o treinador.

“Vamos conversar bastante durante a semana e temos que fazer ajustes porque não ficou legal”, disse Guto Ferreira
“Vamos conversar bastante durante a semana e temos que fazer ajustes porque não ficou legal”, disse Guto Ferreira – Credito: Divulgação