Gerente das categorias de base do Palmeiras relata dois casos de covid

Bruno Ceccon - São Paulo,SP

02-06-2020 07:00:57

O Palmeiras suspendeu as atividades de suas categorias de base na metade do último mês de março e, desde então, vem mantendo contato constante com os jogadores. À Gazeta Esportiva, João Paulo Sampaio, gerente do Centro de Formação de Atletas, relatou dois casos de covid-19 entre os jovens.

Um dos jogadores defende a equipe sub-16 e perdeu a avó para a doença causada pelo coronavírus, enquanto o outro atua no time sub-20. João Paulo Sampaio preferiu manter a identidade dos garotos em sigilo e contou que ambos não chegaram a sofrer maiores complicações.

“Dois atletas da base pegaram, mas já estão recuperados. Inclusive, fizeram novos exames e comprovaram a cura. Eles tiveram perda de olfato, nada além disso. Não precisaram ser internados”, explicou o gerente da base em entrevista por telefone.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

As famílias dos dois atletas diagnosticados com covid-19 foram orientadas e monitoradas pelo departamento médico do Palmeiras. O clube contribuiu financeiramente para o sepultamento da avó de um dos jovens e enviou uma coroa de flores.

A partir da categoria sub-14, os atletas têm acesso a plano de saúde oferecido pelo Palmeiras. Com as atividades interrompidas temporariamente pela pandemia, os jogadores da base vêm fazendo acompanhamento online com psicólogo, pedagogo, nutricionista e assistente social.

No último dia 13 de março, o Palmeiras decidiu suspender os trabalhos desenvolvidos na Academia de Futebol 2, localizada em Guarulhos. Inicialmente, foram paralisadas as atividades dos elencos sub-10, sub-11, sub-12, sub-13 e sub-14, condição estendida aos outros na mesma semana.


Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Palmeiras?