Futebol

Felipão sequer cogita decisão contra o Palmeiras em polêmica com o Botafogo

São Paulo , SP
03/06/2019 09:00:08

Em: Bastidores, Botafogo, Escolha do editor, Futebol, Palmeiras

O Palmeiras está muito tranquilo em relação à polêmica com o Botafogo envolvendo a anulação da vitória alviverde sobre o clube carioca. Além de Dudu, o técnico Luiz Felipe Scolari também se manifestou sobre o assunto e sequer cogitou a possibilidade de o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) não homologar o triunfo palestrino.

“Acho que dizer “caso a decisão seja favorável ao Palmeiras” nem deveria ser colocado. O que acontece é que 99,9% do que está sendo apontado não existe. Se existisse algo, hoje também entraríamos com recurso contra o VAR… Para com isso. Mas, deixo eles se resolverem lá. Nós temos os nossos 19 pontos no nosso pensamento”, afirmou o treinador.

Na tabela da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), o Palmeiras é o líder do Brasileirão com 16 pontos ganhos, um a mais que o vice Atlético-MG. Com a vitória sobre o Botafogo, porém, a vantagem para o Galo seria de quatro pontos.

O Presidente do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), Paulo César Salomão Filho, determinou na noite da última terça-feira que a partida entre Botafogo x Palmeiras tenha seu resultado temporariamente anulado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol). O clube Alvinegro alega erro de direito e pede a anulação do confronto, que será julgada pelo órgão.

A equipe carioca se baseia na alegação de que a partida já havia sido reiniciada no momento em que o árbitro Paulo Roberto Alves Júnior decidiu acatar a recomendação do VAR e ir ver no monitor o lance que culminou na marcação de pênalti em Deyverson e, por consequência, no único palestrino no jogo.

A regra 5 da FIFA e o protocolo 8.12 do VAR elucidam que a decisão do juiz de campo não pode ser alterada pelo vídeo após a bola ser recolocada em jogo. O procurador-geral do STJD, Felipe Bevilacqua, porém, ressaltou que, mesmo no caso de um erro de direito, será julgada a relevância do caso e, até mesmo o fato de o árbitro ter supostamente acertado na decisão será levado em conta.




×
Quer receber notícias do Palmeiras?