Abel elogia Arce e valoriza evolução do Palmeiras no segundo tempo contra o Cerro

São Paulo, SP

29/06/22 | 23:08

O Palmeiras venceu o Cerro Porteño por 3 a 0, em Assunção, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores e encaminhou a sua vaga para a próxima fase. O duelo, porém, não foi tão tranquilo, e os paraguaios ofereceram certa dificuldade.

Na primeira etapa, o duelo terminou empatado em 0 a 0. Os gols palmeirenses só saíram no segundo tempo. Na entrevista coletiva após o jogo, o técnico Abel Ferreira destacou a organização do Cerro Porteño e elogiou Arce, técnico da equipe paraguaia e ídolo do Verdão como jogador.

“Primeiro, dar os parabéns ao Arce. Sabemos que ele tem uma história muito grande no nosso clube. Eles entraram muito bem, conseguiram nos bloquear. As marcações do Cerro Porteño foram muito difíceis e muito duras no início do jogo. Mas a nossa equipe teve paciência, calma. Procuramos impor o nosso jogo. Jogo de Libertadores é jogo competitivo, e sabíamos que o Cerro tem uma consistência defensiva muito boa, porque tinha sofrido poucos gols na fase de grupos”, analisou o treinador.


Posteriormente, Abel Ferreira destacou a atuação de sua equipe na segunda etapa. O Palmeiras conseguiu criar mais chances e anotou os três gols que deram a vitória e encaminharam a vaga para a próxima fase. O treinador valorizou a intensidade de seu elenco após ter poupado alguns atletas no último final de semana.

“Fizemos um segundo tempo muito bom. O Cerro começou a perder energia, e nós começamos a ganhar esse jogo contra o Avaí. A nossa equipe manteve uma consistência muito boa, depois mudamos algumas peças para continuar com essa intensidade. Foi um primeiro tempo muito equilibrado e um segundo tempo em que o Palmeiras mostrou dentro de campo que foi melhor”, declarou.

Em Florianópolis, contra o Avaí, o Palmeiras atuou com time misto, poupando atletas importantes como Rony e Dudu. Raphael Veiga, que se recuperou de lesão na última semana, entrou na segunda etapa e atuou por pouco mais de 30 minutos.

Já no duelo desta quarta-feira, a equipe entrou com força máxima, e Abel Ferreira só promoveu substituições depois que o seu time abriu 2 a 0 no placar.

O Palmeiras encara uma maratona de jogos com pouco tempo de intervalo entre eles. A equipe volta a campo neste sábado, às 21h (de Brasília), quando recebe o Athletico-PR, no Allianz Parque, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Já o duelo de volta contra o Cerro Porteño acontece na próxima quarta-feira (6 de julho), às 19h15 (de Brasília), também no Allianz Parque. Os ingressos para a partida começam a ser vendidos a partir desta quinta-feira.

Deixe seu comentário