Futebol/Campeonato Pernambucano

Menos “doido” na volta ao Náutico, Lisca deve manter time de interino

GazetaEsportiva.net - Recife , PE -
07/03/2015 18:25:00

Em: Campeonato Pernambucano, Campeonatos, Campeonatos Estaduais, Futebol, Náutico, Região Nordeste

Depois de dez meses, o técnico Lisca voltou a comandar um treino no Náutico. Na tarde deste sábado, o Timbu encerrou sua preparação para a partida contra o Central, na Arena Pernambuco, às 18h30 (de Brasília), e o treinador recém-chegado sinalizou que deve manter a escalação utilizada por Levi Gomes no empate em 1 a 1 com o Piauí. A exceção será Josimar no lugar do atacante Patrick Vieira, ausente por desgaste físico.

“Temos que vencer mais partidas do que nunca. Precisamos ganhar do Central, do Moto, do Serra Talhada. Infelizmente, não teremos muito tempo para treinar, mas conversaremos sobre questões como posicionamento”, afirmou Lisca.

O técnico deve optar por entrar em campo neste domingo com: para o duelo é: Júlio César; Guilherme, Diego, Elivelton e Gaston; João Ananias, Fillipe Soutto, Hélder e Bruno Alves; Renato e Josimar.

“Acompanhei o Náutico mesmo à distância. Assim como fiz com outros times, como Sport e Santa Cruz. Mas é claro que é diferente. É necessário conhecer de perto as características do elenco. Estarei com Levi e Kuki, e esse jogo será com a ideia de nós três. Agora será assim: decisões conjuntas. Contra o Central, já estarei à beira do gramado, com Levi ao meu lado”.

O técnico Lisca enfatizou que fará um trabalho conjunto com o restante da comissão técnica do Náutico
O técnico Lisca enfatizou que fará um trabalho conjunto com o restante da comissão técnica do Náutico – Credito: Divulgação/C. Náutico C.

O treinador ainda comentou sobre sua alcunha de “Lisca Doido”. “Isso foi algo muito mais da imprensa do que meu. Quando subi no alambrado da Ilha, foi um conjunto de fatores. Tinha um tabu de não vencermos lá, tinha sido tirado de lá quando fui ver o jogo, além da alegria da vitória. Mas foi com o maior respeito. Tenho muito respeito pelo Sport e pelo Santa. Agora, não posso subir em alambrado, até porque não tem na Arena Pernambuco. Chego para fazer um trabalho sério, em parceria com Levi e Kuki, que são profissionais qualificados”, afirmou se referindo ao triunfo por 1 a 0 sobre o Sport, na Ilha do Retiro, em janeiro de 2014.