Gazeta Esportiva

Guardiola afasta rumores de Messi no Manchester City: “Não está em nossos pensamentos”

São Paulo, SP

06/08/21 | 13:50 - 06/08/21 | 15:00

Na última quinta-feira, o Barcelona anunciou que Lionel Messi deixará o clube. A equipe espanhola atribuiu a não renovação a "obstáculos econômicos e estruturais" e lamentou a situação.

Torcedor assumido do Barça, Pep Guardiola, técnico do Manchester City, admitiu que ficou surpreso com o anúncio.

“Foi uma surpresa para todos, inclusive para mim”, disse.


“O presidente foi claro sobre o motivo. Não falei com o jogador ou com o presidente, então não sei o que aconteceu. Mas quando você perde muito dinheiro, a decisão está tomada”, comentou.

“Mas, como torcedor do meu clube, adoraria que ele terminasse aí (Barcelona). Tenho uma gratidão incrível pelo jogador mais extraordinário que já vi na minha vida. Tudo o que posso dizer é muito obrigado por levar o Barcelona a outro nível, para permitir que o clube dominasse o mundo por uma década com ele e seus companheiros. Desejo-lhe o melhor para o resto da carreira. Sua contribuição ajudou o clube a alcançar outro nível”, completou.

O City é uma das equipes das quais o craque argentino tem seu nome especulado. Contudo, após anunciar a contratação de Jack Grealish, Guardiola afirmou que, atualmente, o clube não tem interesse em contratá-lo.

“Gastamos 40 milhões de euros em Jack Grealish - pagamos 100 milhões (R$ 724,5 milhões) de libras e 60 milhões disso foram arrecadados com as transferências. Ele vai usar o número 10. Fomos convencidos por Grealish e de que Leo ficaria no Barça. No momento, ele não está em nossos pensamentos”, relatou o espanhol.

 

 

Por fim, o treinador comentou sobre o caso de Harry Kane, do Tottenham, que também é especulado no time de Manchester.

“Ele está jogando pelo Tottenham. Se eles não quiserem negociar, acabou. É diferente de Jack, que tinha uma cláusula de liberação. Harry Kane é um atacante excepcional e extraordinário, sem dúvida. Temos interesse, mas ele é um jogador do Tottenham. Se eles não querem vender, não querem, mas se quiserem, podemos tentar”, finalizou.

Deixe seu comentário