Gazeta Esportiva

Inter perde do Melgar nos pênaltis, e São Paulo ou Atlético-GO terão rival estrangeiro

São Paulo, SP

11/08/22 | 21:22 - 11/08/22 | 22:45

Pela volta das quartas de final da Copa da Sul-Americana, o Internacional recebeu o Melgar-PER, no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), e empatou sem gols. Assim, a decisão foi para os pênaltis e a estrela do goleiro Cáceda brilhou. O peruano pegou três cobranças, de Edenílson, Taison e Carlos de Pena, e garantiu o avanço de sua equipe. Dessa forma, os únicos brasileiros vivos no torneio, São Paulo e Atlético-GO, terão um rival estrangeiro na final.


Com o empate sem gols no confronto da ida, as equipes ficaram no 0 a 0 no placar agregado. Pela vitória por 3 a 1 nas penalidade máximas, o clube do Peru se classificou para as semifinais da competição continental.

Na próxima fase, portanto, o Melgar encara o Independiente del Valle-EQU, que passou pelo Deportivo Táchira-VEZ. Os jogos de ida estão previstos para que ocorram entre os dias 30 de agosto e 1 de setembro, enquanto a volta tende a acontecer entre 6 e 7 de setembro.

O duelo entre Internacional e Melgar

Empurrados pelos mais de 43 mil torcedores no Beira-Rio, os gaúchos começaram a partida em cima e foram melhores em todo o primeiro tempo. O Colorado quase abriu o placar logo no primeiro minuto, com Braian Romero, mas o argentino se enrolou com a bola na hora de driblar o goleiro.

Aos 8, o Inter chegou com perigo com Wanderson, que recebeu passe de Alan Patrick dentro da área e bateu cruzado. O goleiro Cáceda desviou, e Braian Romero não conseguiu alcançar. Aos 20, portanto, mais uma chegada dos brasileiros. Romero aproveitou cruzamento e cabeceou bem, entretanto o goleiro peruano fez bela defesa e impediu o 1 a 0.

Cinco minutos depois, o Inter conseguiu finalmente furar a defesa do Melgar. Wanderson acionou Romero dentro da área, que cruzou para Edenílson marcar de cabeça. No entanto, o camisa nove colorado estava impedido e a arbitragem anulou o gol.

Colorado fica com dez no segundo tempo

Na volta do intervalo, o Colorado sofreu uma grande baixa na classificatória. Aos 28 da etapa final, Gabriel foi disputar uma bola com Arias e acabou pisando no adversário. Dessa forma, o árbitro não titubeou e mostrou vermelho direto para o volante brasileiro, que deixou os gaúchos com dez em campo.

Após a expulsão, o Inter até conseguiu organizar algumas boas jogadas, principalmente em contra-ataques. No entanto, foi o Melgar que levou mais perigo antes do apito final. Aos 41, Pérez Guedes bateu com categoria da entrada da área e obrigou Daniel fazer bela defesa para mandar para escanteio.

Aos 47, Iberico desviou cruzamento e passou muito perto da trave brasileira. Porém, como nenhuma das equipes conseguiu tirar o zero do placar, somado ao empate do jogo da ida, a partida foi para as penalidades máximas.

Pênaltis desperdiçados por medalhões

Nas cobranças decisivas, o Internacional começou mal e desperdiçou as três primeiras cobranças. Edenílson, na primeira, Taison, na segunda, e Carlos de Pena, na terceira. Todas foram defendidas pelo goleiro Cáceda.

Daniel até conseguiu pegar a batida de Galeano, mas não foi o suficiente. Na cobrança final, Iberico chutou com categoria, na bochecha esquerda do gol, e pôs ponto final à classificatória.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 0 (1) X 0 (3) MELGAR-PER

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 11 de agosto de 2022, quinta-feira
Horário: às 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Roberto Tobar (CHI)
Assistentes: Christian Schiemann (CHI) e Claudio Rios (CHI)
VAR: Juan Lara (CHI)
Cartões amarelos: Paolo Reyna (Melgar); Carlos de Pena (Internacional)
Cartão vermelho: Gabriel (Internacional)

INTERNACIONAL: Daniel; Bustos, Vitão, Mercado e Renê; Gabriel, Edenílson, Carlos de Pena e Alan Patrick (Taison); Wanderson (Pedro Henrique) e Braian Romero (Mikael)
Técnico: Mano Menezes

MELGAR-PER: Cáceda; Ramos, Deneumostier, Galeano e Paolo Reyna; Orzán, Tandazo (Cabrera), Arias (Archimbaud) e Pérez Guedes; Bordacahar (Iberico) e Bernardo Cuesta
Técnico: Pablo Lavallén

Deixe seu comentário