Futebol/Campeonato Brasileiro

Edenílson vê pênalti em Patrick e diz que Inter foi prejudicado pela arbitragem

São Paulo , SP
13/10/2019 18:39:48

Em: Brasileiro Série A, Futebol, Internacional, Notícias, Santos

Foram três gols anulados corretamente, um para o Santos e dois para o Internacional, no empate entre as equipes neste domingo, no Beira-Rio, todos por impedimento. Para Edenílson, porém, houve um outro momento no qual o árbitro da partida, Bruno Arleu de Araujo, deveria ter consultado o VAR: um possível pênalti em cima de Patrick.

“Não dá para a gente sempre ficar culpando a arbitragem, ele até fez um bom jogo (o juiz). O que gente pede é pra ele revisar os lances, ele nunca revisa e, de repente, ele teria uma interpretação diferente da do árbitro de vídeo. Importante seria usar o árbitro de vídeo, ele poderia ter checado o lance do Patrick. Aconteceu o pênalti”, disse o volante na saída de campo ao canal Premiere.

No primeiro tempo, o Santos conseguiu ser mais efetivo e chegou ao gol logo aos dois minutos, com Tailson, mas o árbitro marcou impedimento. Na segunda etapa, o Colorado voltou mais ofensivo e conseguiu chegar às redes em duas oportunidades, ambas também anuladas pelo mesmo motivo. Também foi nos 45 minutos finais a reclamação de pênalti em cima de Patrick.

Ainda assim, Edenílson acredita que o Inter poderia ter sido mais perigoso, mas entende que o interino Ricardo Colbachini teve pouco tempo para trabalhar após a saída de Odair Hellmann do comando da equipe.

“Independente contra quem a gente jogue, em casa a gente tem que buscar os três pontos, principalmente depois de uma sequência ruim. Tentamos ali, pecamos muito na frente da área deles, poderíamos ter oferecido mais perigo. O professor Colbachini teve muito pouco tempo para trabalhar, não tivemos tempo, teve que resolver na base da conversa para buscar as vitórias o quanto antes”, finalizou.

O Internacional é o sexto colocado na tabela, com 39 pontos conquistados, e enfrenta o Avaí fora de casa, na Ressacada, na próxima quinta-feira, às 19h15 (de Brasília). Nesta rodada, o Colorado pode ser ultrapassado pelo rival Grêmio, que pega o Atlético-MG neste domingo.