Gazeta Esportiva

Diniz sai novamente em defesa de Felipe Melo após derrota do Fluminense

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

06/10/22 | 17:22

O Fluminense sofreu um difícil revés contra o Atlético-GO, na última quarta-feira. Os tricolores levaram a virada dos goianos, fora de casa, após abrirem 2 a 0 no primeiro tempo. A partida terminou 3 a 2 para os donos da casa, com o terceiro gol marcado nos minutos finais.

Nas redes sociais, a torcida criticou a escalação do volante Felipe Melo como zagueiro. Principalmente porque David Braz estava no banco de reservas como opção. O técnico Fernando Diniz fez questão de defender sua opção e, novamente, saiu em defesa de Felipe Melo.

"Ficamos naquela de crucificar alguém. Ou o jogador ou o treinador. Mas não foi isso. Não perdeu por conta disso. Posso falar que poderíamos ter ganho o jogo porque o Felipe Melo tem uma saída. Se sairmos marcando alto, nem chances de bola parada eles teriam. É um conjunto de coisas. Não dá para pegar uma coisa complexa, fazer uma coisa simples para jogar para a torcida e justificar o jogo. Não foi isso que aconteceu, na minha opinião. Sofremos com a bola parada, não porque um jogador jogou e outro não", disse.


Diniz recentemente defendeu o experiente jogador das críticas após a eliminação na Copa do Brasil. Contra o Corinthians, na Neo Química Arena, o Fluminense perdia por 1 a 0, resultado que já o eliminaria da competição, quando o volante entrou em campo no lugar do zagueiro Manoel, aos 32 minutos da segunda etapa. A partir daí, os cariocas levaram mais dois gols, sendo o segundo marcado por Felipe Melo, contra.

O Fluminense volta a campo no domingo, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Contra o América-MG, o Tricolor pode assumir a vice-liderança da competição, dependendo do resultado da partida entre Internacional e Goiás. Atualmente, a equipe carioca é a terceira colocada, com 51 pontos.

Deixe seu comentário