Com "equipe cheia de estrelas", Espanha de Luis Enrique busca título inédito

AFP - São Paulo,SP

23/09/22 | 17:28

Prestes a enfrentar a Suíça no Estádio de La Romaneda, o técnico da seleção da Espanha, Luis Enrique, afirmou nesta sexta-feira que não espera um adversário "na defensiva" no sábado, em partida pela Liga das Nações, mas demonstra confiança em poder contar com "uma equipe cheia de estrelas".

O treinador da 'Roja' reconheceu as qualidades dos suíços, que ocupam a última posição no grupo. "São muito fortes fisicamente, têm jogadores técnicos e será um jogo difícil", disse em coletiva de imprensa.

Veja também:
Todos os detalhes e notícias sobre a Copa de 2022

Se para a Suíça uma vitória significa não cair para a Liga B, para a Espanha o confronto é o passo necessário para chegar às semifinais da competição.

Na busca pelo título, Luis Enrique não hesita em enfatizar a força de seu grupo, em comparação a outras seleções que se apoiam em destaques individuais. "Quando vejo minha equipe, vejo um elenco cheio de estrelas que correm e pressionam quando não têm a bola e, quando a têm, sabem pelo que estão jogando", acrescentou.

O treinador surpreendeu nos treinos da seleção espanhola esta semana ao dar instruções aos jogadores por meio de um rádio comunicador e afirmou que "seria maravilhoso" poder contar com esta estratégia em partidas oficiais.

Quando questionado se Morata, Ferran Torres e Sarabia estariam na escalação inicial do próximo jogo, o espanhol fez suspense, mas não desconsiderou a possibilidade.

Convencido de que poderá contar com a empolgação das arquibancadas, Luis Enrique ainda pediu que os torcedores não vaiem durante o hino da Suíça.

"Prefiro que coloquem pressão quando a bola rolar. Respeitar o hino de um rival é importante e gostaria que fosse assim amanhã", concluiu.

Deixe seu comentário