Robinho aprova chegada de Rafinha e rasga elogios: “Jogador decisivo”

Do correspondente Gustavo Aleixo - Belo Horizonte,MG

07-07-2016 11:30:57

Titular e destaque do Cruzeiro no triunfo por 2 a 1 sobre o Vitória, em Salvador, nessa quarta-feira, o meia Robinho, quando retornar a Belo Horizonte, terá a oportunidade de reencontrar um velho conhecido, que acabou se ser contratado pelo clube celeste: o armador Rafinha.

Companheiro do novo reforço cruzeirense na época em que ambos jogavam no Coritiba, entre 2012 e 2013, Robinho, ao ser perguntado sobre a chegada de Rafinha à Toca da Raposa, rasgou elogios ao armador, a quem definiu como um jogador decisivo.

“Quem não o conhece pode ter certeza que é um jogador que veio para jogar, porque tem muita qualidade. Joguei com ele no Coritiba, é um jogador decisivo, que joga pelos lados do campo. Então, é um cara que vai nos ajudar muito, porque tem muita qualidade, um jogador experiente. Estou muito feliz com a contratação, porque é um grande jogador”, elogiou.

Com Rafinha e outros três jogadores recém-contratados, Robinho destacou a quantidade de jogadores que ainda vão estrear pelo clube e, neste grupo de atletas, o próprio meia se inclui, juntamente aos demais atletas que tem sofrido com lesões nesta temporada.

“É igual eu falei para o Lucas, nós temos seis jogadores para estrear. Eu, Manoel, e as quatro contratações, junto com o Rafinha, que chegou e vai nos ajudar muito, conheço ele. Tem o Dedé também. Então, temos praticamente um time de fora e cada vez mais o time vai pegando corpo e não tenho dúvidas que o time vai brigar por muitas coisas neste ano. O trabalho está começando a engrenar e tenho certeza que cada vez mais o Paulo (Bento) está com confiança para implantar o que ele pensa”, avaliou.

Robinho sofreu uma pancada no joelho, mas não preocupa (Washington Alves/Light Press)
Robinho sofreu uma pancada no joelho, mas não preocupa (Washington Alves/Light Press)

Alívio para torcida – Após a partida contra o Vitória, nesta quarta-feira, Robinho deixou o gramado com uma bolsa de gelo em um dos joelhos, o que gerou certa preocupação quanto a uma eventual lesão. O meia, porém, tranquilizou a torcida e garantiu ter sofrido apenas uma pancada no local.

“Na verdade, foi uma joelhada, acabou batendo joelho com joelho e só estou fazendo (gelo), porque tem uma viagem longa aí, mas foi importante a vitória, que foi difícil. Agora é descansar, porque segunda-feira é outro campeonato ainda mais difícil”, disse o jogador, que celebrou o retorno ao time, após ficar um período razoável fora de combate.

“Feliz. Trinta dias de fora, foi difícil ver os companheiros correndo, tentando, mas o importante é que voltei, não senti nada. Estou tranquilo, espero que segunda-feira o professor possa contar comigo de novo”, disse o jogador, já se referindo ao duelo da próxima segunda, contra o Atlético-PR, no Mineirão.

Deixe seu comentário