Gilvan vê time fechado, mas não descarta novos reforços

do correspondente Marcellus Madureira - Belo Horizonte,MG

04-01-2017 08:00:50

Presidente cruzeirense acredita no potencial do grupo que Mano Menezes tem em mãos

O anuncio do meia Thiago Neves – feito de forma antecipada, sem a assinatura do contrato, mas já confirmado nos bastidores para o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares – fechou o grupo do Cruzeiro para a temporada 2017. Segundo o mandatário azul celeste, o time está formado, mas garante que novas peças podem aparecer.

“Na minha opinião (não falta) nada (para o elenco de 2017). Mas não estou fechado para outros bons jogadores que possam vir a aparecer e dentro do que o Cruzeiro pode oferecer”, declarou o presidente azul.

O Cruzeiro ainda foi ao mercado nessa janela de transferências para fazer contratações. O zagueiro Luis Caicedo comprado junto ao Independiente Del Valle, o lateral-esquerdo, Diogo Barbosa, que disputou a temporada 2016 pelo Botafogo e o volante Hudson, emprestado pelo São Paulo.

Ainda existe a expectativa no anuncio de Marcelo Moreno, que ainda negocia alguns detalhes para fechar definitivamente com o Cruzeiro. O presidente azul disse que, por causa dos altos salários, o atacante teria que abrir mão das luvas. Se desembarcar em Belo Horizonte, Moreno disputará posição com outro estrangeiro: Ramon Ábila, que terminou a temporada com questionamentos no banco de reservas.

Deixe seu comentário