Futebol

Dodô lamenta desempenho do Cruzeiro em BH: “Pecamos em casa”

São Paulo , SP
13/11/2019 19:56:06

Em: Bastidores, Brasileiro Série A, Cruzeiro, Notícias
Dodô tem sido titular do Cruzeiro nas últimas rodadas (Foto: Vinnicius Silva/CEC)

Com 22 pontos em 16 partidas realizadas em Belo Horizonte, o Cruzeiro é o quarto pior mandante do Campeonato Brasileiro. Para o lateral Dodô, o desempenho do time de Abel Braga dentro de seus domínios é um dos motivos para a campanha aquém das expectativas na competição nacional.

“Pecamos nas partidas em casa. Acho que fora de casa estamos com desempenho melhor do que o de antes. Infelizmente deixamos alguns pontos pelo caminho em casa, em jogos que tínhamos a vantagem e tomamos o empate. Na segunda-feira, teremos nova chance de fazer três pontos e subir um pouquinho na tabela”, disse o jogador, fazendo referência ao duelo com o Avaí.

Ocupando a 16ª posição com 35 pontos, o Cruzeiro tem mais uma complicação na luta contra o rebaixamento. O clube é dono de apenas sete vitórias, primeiro critério de desempate no Campeonato Brasileiro, número bem abaixo em relação aos concorrentes diretos contra o Z4. Por exemplo, Fluminense (16º, com nove triunfos), Ceará (15º, com 10) e Botafogo (14º, com 11) têm desempenhos melhores no quesito.

“No momento não podemos pensar no critério de desempate. Temos que focar na pontuação e, obviamente, nas vitórias. Sabemos que tivemos uma primeira parte de campeonato muito ruim e estamos correndo atrás desse prejuízo agora. Esses últimos 10 jogos sempre pontuando pode parecer ruim agora com a nossa classificação, mas o déficit na tabela vem desde o início do campeonato, e não agora”, completou Dodô.

Por conta da lesão de Egídio, Dodô vem recebendo uma sequência de jogos na equipe titular e comentou a briga pela posição na lateral esquerda, ressaltando que outros setores do time já passaram por mudanças.

“Tem sido uma oportunidade importante poder ajudar nesse momento que estamos vivendo, estou participando dos jogos e trabalhando muito para crescer com o time nessa reta final. A disputa vem de acordo com a oscilação do time. Obviamente quando um time vence é provável a manutenção da equipe. Quando não tem a sequência de vitórias é normal que se mexa no time, não tem sido somente na lateral, o Abel tem feito outras modificações”, finalizou.