Cruzeiro entra com pedido e tenta ter Sassá na final contra o Corinthians

Do correspondente Marcellus Madureira - Belo Horizonte , MG
15/10/2018 23:33:57

Em: Bastidores, Brasileiro Série A, Campeonatos, Copa do Brasil, Cruzeiro
Sassá e Mayke trocaram socos ao fim da partida (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

O departamento jurídico do Cruzeiro entrou com pedido de efeito suspensivo, nesta segunda-feira, tentando a liberação do atacante Sassá. O objetivo é ter o atleta a disposição na próxima quarta, contra o Corinthians, na final da Copa do Brasil.

Nos bastidores o clube entende a dificuldade do caso. Algo que reforça a pouca probabilidade de liberação foi justamente no julgamento dos atletas. O advogado do Cruzeiro Theotônio Chermont pediu que a pena do atleta fosse cumprida após a partida contra o Timão, mas recebeu resposta negativa, seguida da seguinte frase: “isso é premiar o jogador”.

O atacante Sassá foi suspenso por seis jogos após dar um soco na cara do lateral-direito Mayke, na semifinal da Copa do Brasil. Os laterais do Verdão, Mayke e Diogo Barbosa, também acusados na briga, sofreram apenas dois jogos.

O detalhe é que todos os atletas foram denunciados no Artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva que fala de agressão física durante uma partida.