Alvo do Flamengo em janeiro, Dedé evita potencializar situação em jogo

Do correspondente Marcellus Madureira - Belo Horizonte , MG
25/04/2019 20:10:17

Em: Bastidores, Brasileiro Série A, Campeonatos, Cruzeiro
Dedé espera um confronto difícil contra o Flamengo, neste sábado, no Maracanã (Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro E.C.)

Neste sábado, na estreia do Campeonato Brasileiro, Flamengo e Cruzeiro se encontram no Rio de Janeiro, às 21h (de Brasília). O jogo já terá um sabor especial devido à rivalidade recente que se criou por dois fatores especiais: decisões na Copa do Brasil e, sobretudo, a contratação bombástica do Rubro-Negro que tirou o camisa 10 da Toca da Raposa II em janeiro. Na época que Arrascaeta foi para o grupo carioca, o zagueiro Dedé também apareceu como alvo.

Ele, no entanto, evitou potencializar a situação e garante que a partida será, para ele, como outra qualquer.

“Não, não. Jogarei como jogaria qualquer outro jogo, o espírito de luta vai para todas as partidas, tento me dedicar, treinar ao máximo. Sei que é um jogo grande, contra o Flamengo, um elenco muito forte, um treinador e um clube de grande importância no cenário nacional, e isso sim motiva a gente a fazer um bom jogo. Mas contra Flamengo ou qualquer outro time, não tenho nada contra e vou fazer de tudo para honrar a camisa do Cruzeiro”, destacou.

O defensor celeste ressaltou ainda que é importante iniciar a competição pontuando, algo que pode fazer a diferença no fim do campeonato. Para Dedé, o bom momento, como título do regional e 100% na Libertadores pode contribuir para um início bom no Brasileirão.

“Esse começo é importantíssimo, ainda mais pelos jogos que temos. Já começa neste sábado contra o Flamengo, que vai ser um dos principais jogos neste começo de Brasileirão, se não for o principal. Ano passado começamos com derrota para o Grêmio, dentro de casa e para este ano acho que pontuando lá no Rio vai ser importante para nossa sequência, pois é um ano com muitas competições, com muito desgaste, que já começou ai nesta reta final de Estadual juntamente com a Libertadores. Conseguimos sair com vitórias e campeões (do Mineiro). Então, acho que a gente fazendo um começo de campeonato bom, podemos administrar bem no restante da competição”, finalizou.