Tiago Nunes se incomoda com palpites externos e reflete sobre o que é trabalhar no Corinthians

Tiago Salazar - São Paulo,SP

27/03/20 | 05:00

“Todo mundo que está fora tem a solução para o que está acontecendo dentro”. A declaração de Tiago Nunes revela o sentimento do técnico do Corinthians no momento em que a equipe, sob seu comando, encara uma crise de resultados.

Tiago Nunes foi contratado em 2019, mas assumiu o Corinthians apenas em 2020 (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

A Gazeta Esportiva apurou que, apesar de Tiago Nunes ter mencionado o ambiente político por qual passa o clube neste ano de eleição presidencial, o atual treinador corintiano, na verdade, está incomodado é com o comportamento de pessoas que tiveram alguma ligação com o Corinthians no passado e agora têm se manifestado, muitas das vezes, por meio da imprensa.

“Os treinadores são assim, principalmente alguns que estão mandando currículo, inclusive agora aí, forçando nesse momento, treinadores importantes. Sempre tem a solução para o que está acontecendo no Corinthians”, alertou Tiago, na mesma entrevista ao BandSports, na última terça-feira.

A paralisação do futebol devido as normas de prevenção a Covid-19 trouxe tempo para reflexão. Tiago Nunes percebeu que vai ter de aprender a lidar com situações em que não estava acostumado depois de quase quatro anos no Athletico-PR, um clube fechado, que praticamente não permite acesso dos jornalistas.

Este exercício de Tiago Nunes implica, principalmente, em encontrar a maneira ideal para absorver a repercussão em grande escala dos assuntos relacionados ao clube e ao time e o vazamento constante de informações internas.

Tiago Nunes está ciente de que criar essa “casca” será fundamental para a sequência do trabalho.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Internamente, a reportagem apurou que o treinador goza de prestígio. Apesar dos resultados ainda não serem os aguardados, jogadores, dirigentes e membros da comissão técnica ouvidos pela Gazeta Esportiva aprovam o técnico. A relação pessoal, os treinos e a mudança de comportamento tático do time nos jogos são os pontos mais elogiados. O fato de Tiago Nunes ter se envolvido em questões que abrangem categorias de base e estrutura interna também agradaram a diretoria.

Na expectativa pelo nascimento de seu segundo filho, Tiago Nunes, na prática, não pretende modificar a metodologia de trabalho implantado até aqui, e sim apenas se aperfeiçoar no trato do que chega de fora para dentro.

Desde o dia 15 de março, o Corinthians está em quarentena. A partir de 1º de abril, atletas e comissão técnica terão 20 dias de férias. A princípio, a ideia é de que em maio o futebol seja retomado, mas tudo vai depender do combate a Covid-19.


 

Deixe seu comentário