Otero aceita redução, Corinthians chega a acordo de empréstimo e assinatura é agendada para terça

Tiago Salazar - São Paulo,SP

17-08-2020 19:50:38

O Corinthians chegou a um acordo com Rómulo Otero e Atlético-MG na noite desta segunda-feira. A Gazeta Esportiva apurou que o contrato entre as partes será assinado na tarde desta terça.

O vínculo será por empréstimo e terá validade de um ano. O meio-campista, portanto, defenderá o Timão até o final de seu contrato com o Galo.

O sucesso da negociação só aconteceu porque tanto os mineiros quanto o venezuelano aceitaram as condições impostas pela diretoria corintiana. O clube do Parque São Jorge não vai arcar com nenhuma compensação financeira pela transferência e também terá um custo salarial inferior ao que o Atlético-MG vinha pagando ao atleta.

A redução no salário de Otero será de aproximadamente R$ 150 mil e o Galo não completará o valor. Ou seja, de fato, o jogador aceitou receber menos para tentar retomar a carreira após ser avisado por Jorge Sampaoli que não seria mais utilizado no time atleticano.

No Corinthians, Otero não receberá direito de imagem. Tudo será pago conforme a legislação da CLT.

RAIO X

A passagem de Otero no Galo é marcada por altos e baixos. Ele foi contratado em 2016, junto ao Huachipato, do Chile, inicialmente por empréstimo. O desempenho na primeira temporada agradou, e a diretoria atleticana comprou em definitivo 50% direitos do jogador. Até aqui, são 135 jogos pelo time mineiro, com 26 gols marcados.
Depois de uma temporada e meia vestindo as cores alvinegras, chegou a ser emprestado, para o Al-Wehda, que era comandado pelo ex-corintiano Fábio Carille, no segundo semestre de 2018. Depois de um ano no time árabe, o meia retornou ao Galo em julho de 2019. Seu contrato foi renovado até 2021, com considerável aumento salarial, mas não parece estar nos planos de Jorge Sampaoli.

Veneno na bola parada
A principal qualidade de Otero aparece nas bolas paradas, principalmente nas cobranças de falta. Seja de longa distância, ou da entrada da área, quando ele vai pra bola é perigo para o goleiro adversário. Foi a partir deste fundamento que saíram oito dos 26 gols anotados pelo meia na passagem pelo Galo. A batida venenosa na bola ainda rendeu um golaço olímpico. O torcedor corintiano já teve a dura experiência de levar um tento de tiro livre do venezuelano, quando ele marcou no empate em 2 a 2, em Itaquera, pelo segundo turno do Campeonato Brasileiro de 2017.

O atual cobrador de faltas do Corinthians é Luan, que não vive bom momento e pode ser ameaçado caso Otero realmente acerte com o Timão. O camisa 7 até estreou marcando gol de falta, ainda na Florida Cup. De lá pra cá, entretanto, a Fiel passou longe de comemorar lances semelhantes. Antes de Luan, inclusive, o último jogador a balançar as redes através do tiro livre foi Jadson, ainda em 2018.

Versatilidade
Em campo, Otero atua como meia-armador, mas se destaca pela versatilidade. Com 1,65m, tem bom arranque e velocidade, características que o credenciam também a jogar aberto, tanto pela direita como pela esquerda. Como a batida na bola é a sua principal arma, é provável que Tiago Nunes o queira atuando na entrada da área, para o apoio a Jô, mas principalmente pelas finalizações de média e longa distância.

Assim, o venezuelano pode chegar para brigar por uma vaga na linha dos três meias ofensivos. Luan ganharia mais um concorrente para atuar por dentro, mas é possível os dois jogarem juntos, se Otero entrar pelos lados. Ramiro, que tem jogado aberto pela direita, também fica ameaçado. Sua vantagem em relação ao possível reforço é a dedicação no momento defensivo.

Momento ruim joga contra
Apesar da expectativa, o momento de Rómulo Otero no Atlético-MG não é bom. O meia começou a temporada como titular sob comando de Rafael Dudamel, mas perdeu espaço depois da demissão de seu compatriota. Quando Jorge Sampaoli chegou para dirigir o clube, Otero perdeu a titularidade, e se viu cada vez mais afastado. Nos últimos dois jogos, nas primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro, sequer foi relacionado pelo técnico argentino.

No total, participou apenas de sete dos 19 jogos do Atlético-MG em 2020, sendo três como titular (todos com Dudamel) e outros quatro como reserva. Neste período, foram dois gols marcados. O primeiro contra o Unión de Santa Fé, pela Sul-Americana, e o último contra o Cruzeiro, no clássico pelo Campeonato Mineiro.

Otero chegou até a ser oferecido pela diretoria do Atlético-MG ao Santos, em negociação que envolveria uma troca pelo atacante Eduardo Sasha. Como o Peixe está proibido de registrar novos atletas, as conversas foram encerradas. Ainda assim, o movimento dos atleticanos já demonstra que o jogador não é prioridade nos planos de Jorge Sampaoli.

Problemas extracampo
Outro fator que joga contra são os problemas extracampo. No Galo, Cazares é quem geralmente mais causa dor de cabeça para a diretoria, mas Otero também já teve seus problemas. O mais recente deles, inclusive, junto com o equatoriano, em maio deste ano. O país já encarava a dura realidade da pandemia da covid-19, e o futebol brasileiro já estava paralisado. Mesmo assim, o venezuelano foi gravado, junto com Cazares, disputando uma pelada em uma quadra de society, furando o isolamento social. As imagens foram transmitidas ao vivo em uma rede social, e a situação repercutiu negativamente.

Mais um episódio polêmico fora de campo aconteceu ainda em 2018, em seu terceiro ano no Atlético-MG. Otero era titular absoluto na época, mas foi forçado a desfalcar a equipe em duelo pelo Campeonato Mineiro depois de fazer um procedimento estético no nariz sem avisar a equipe médica do clube. O tratamento obrigou que o meia ficasse 48 horas sem participar das atividades. Assim, ele apenas compôs o banco de reservas na partida.


Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?