Gazeta Esportiva

Fábio Santos minimiza problemas na defesa e brinca com abraço de Cássio: "Foi para somar mais número no GPS"

Marina Bufon - São Paulo,SP

25/01/23 | 00:11

O lateral esquerdo Fábio Santos sabe que o Corinthians ainda tem pontos importantes para ajustar na defesa. Porém, nesta noite, na vitória de virada sobre o Guarani, ele acredita que as melhores chances foram criadas pelo clube de Itaquera e que o gol com menos de um minuto atrapalhou a estratégia de jogo.

"Falta encaixar muita coisa, óbvio que a gente está tentando acertar (a defesa). O gol atrapalhou muita coisa no começo do jogo. Nas finalizações (adversárias), não vi muitas com perigo, talvez uma cabeçada no segundo tempo, que a bola passou rente à trave, mas creio que tivemos o controle do jogo, criamos as melhores situações", iniciou o jogador na zona mista após o confronto.

"Precisa acertar esse gol no começo do jogo, porque desgasta mais, é tudo mais complicado, a estratégia que a gente armou vai por água abaixo, mas isso dá para conversar e, com vitória, é mais fácil de se resolver. Ainda bem que conseguimos esses três pontos importantíssimos", complementou.


Depois do gol-relâmpago de Bruninho, no primeiro minuto, o Timão conseguiu equilibrar as ações, mesmo sofrendo um pouco defensivamente, e chegou ao gol de empate com Róger Guedes no final do primeiro tempo. Já na etapa complementar, foi da cabeça de Fábio Santos o tento da virada. Por conta disso, o goleiro Cássio percorreu todo o gramado e foi abraçar o amigo.

"Isso aí foi só para somar mais número no GPS dele, que estava muito parado lá. Queria melhorar a quilometragem e arrumou uma desculpa para ir lá", disse o lateral, aos risos.

"A gente sabe que é mais difícil o pessoal de trás fazer gol e eu costumo fazer mais de pênalti, não tanto com a bola rolando, então, nesses momentos especiais, a gente sempre acaba atravessando o campo, e o Cássio é um irmão que eu fiz no futebol. Fico feliz que ele tenha corrido tudo isso para me dar um abraço", finalizou.

Com o resultado, o Alvinegro foi para a liderança do grupo C, com sete pontos, mas pode ser ultrapassado, já que o São Bento, que tem cinco, ainda joga na rodada.

O próximo compromisso do Corinthians acontecerá apenas no domingo, em seu primeiro clássico do ano, contra o São Paulo, no Morumbi, às 18h30 (de Brasília).

Deixe seu comentário