Duilio atualiza situação do Corinthians com a Taunsa

São Paulo, SP

03/08/22 | 16:49

O presidente do Corinthians, Duilio Monteiro Alves, atualizou a situação da Taunsa com o clube. A empresa não honrou com pagamentos de patrocínio - foi ela quem possibilitou o retorno do volante Paulinho neste ano ao Parque São Jorge.

“Está judicializado, e a gente espera receber de alguma forma, ou na Justiça, como já está, ou através de um acordo. O seu proprietário continua nos procurando, não fugiu, não se escondeu. A gente vai receber de alguma forma, existem bens, a empresa tem um capital de 180 milhões, então não foi loucura o que foi feito”, iniciou o presidente do clube no podcast Ulisses Cast, na última segunda-feira.

Duilio também falou sobre o que o dono da Taunsa, Cleidson Cruz, explicou para ainda não ter pago os valores devidos.

“Ele disse que teve um problema de fluxo de caixa, com problemas de guerra, pandemia e outras coisas. A gente entende, é normal em um negócio, mas o Corinthians precisa tomar as atitudes para receber o que foi combinado e isso está sendo feito. Ele tem a intenção de pagar, continua nos procurando e falando que vai pagar, e quer fazer outros negócios. Vamos aguardar”, explicou.

Segundo o mandatário, outras empresas grandes devem ao Corinthians e estão sendo notificadas.


Corinthians e Taunsa fecharam uma parceria de janeiro de 2022 a dezembro de 2023, que previa "a participação do Grupo Taunsa em conteúdos, propriedades físicas e digitais do clube".

Além disso, a empresa viabilizou a chegada de Paulinho como investimento inicial, conforme divulgado no próprio site do clube.

No mês de março, as partes confirmaram um atraso no pagamento de patrocínio por conta de um problema no fluxo de caixa.

E MAIS: Diretor financeiro explica dívida da Taunsa: "Não consta mais no balanço do Corinthians"

Dentro de campo, o clube perdeu de 2 a 0 para o Flamengo, na última terça, pela ida das quartas de final da Libertadores. Agora, a equipe precisa vencer por ao menos dois gols de diferença para levar a decisão para os pênaltis. O jogo será na terça, no Maracanã.

Antes, o Corinthians visita o Avaí, no sábado, a partir das 19h (de Brasília), na Ressacada, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

Deixe seu comentário