Camacho estreia e pode ser titular em partida contra ex-clube

São Paulo, SP

17/06/16 | 09:42 - 17/06/16 | 01:00

Meio-campista de 26 anos só havia ficado no banco de reservas até a noite de quinta-feira

Meio-campista de 26 anos só havia ficado no banco de reservas até a noite de quinta-feira (Foto: Rodrigo Gazzanel/Gazeta Press)
Meio-campista de 26 anos só havia ficado no banco de reservas até a noite de quinta-feira (Foto: Rodrigo Gazzanel/Gazeta Press)

O volante Camacho fez a sua estreia pelo Corinthians na derrota por 1 a 0 para o Fluminense, na quinta-feira, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Contratado após boa campanha com o Osasco Audax no Campeonato Paulista, quando foi vice-campeão, ele só havia sido relacionado para alguns jogos e, dessa vez, teve a chance de atuar por meia hora pelo Alvinegro. Agora, pode até ser titular no jogo contra o Botafogo, seu ex-clube, domingo, às 16h (de Brasília), no estádio de Itaquera.

“Acho que uma hora iria acontecer (a estreia), e foi nesse jogo. Estou sempre preparado. Criamos mais chances no segundo tempo, por um azar não conseguimos fazer o gol", comentou o meio-campista, que entrou no campo após a expulsão do zagueiro Yago. O defensor cometeu pênalti no meia Cícero, aos 15 minutos da etapa final, e levou o segundo amarelo.

Camacho substituiu Guilherme, jogando Bruno Henrique para a função de zagueiro, ao lado do paraguaio Fabián Balbuena. Apesar de participar bem do duelo com seu toque de bola, o jogador não conseguiu chegar à frente em condição de finalizar e acabou apenas lamentando o revés em sua partida inaugural pelo clube de Parque São Jorge.

De acordo com o técnico interino Fábio Carille, ele ganhou a disputa com Maycon para entrar no jogo após conversas que envolveram o analista de desempenho, Fernando Lázaro, e o volante Elias, que havia sido substituído por causa de um choque com o zagueiro Gum (posteriormente foi constatada uma fratura na sua costela que o tirará de combate por dois meses).

Sendo assim, Camacho sai na frente na briga para ser o substituto do próprio Elias no embate diante dos Fogão, time que defendeu no ano passado. Cristian, que vinha sendo titular, também está no departamento médico por conta de um estiramento muscular na coxa esquerda.

Além de Maycon, outro concorrente do ex-Audax é o meia Rodriguinho, que substituiu Elias em Brasília. A má atuação diante do Flu, no entanto, pode influenciar a decisão da comissão técnica. A escalação só será definida no sábado, quando deve ser ministrado um treino tático com a presença dos titulares.

 

Deixe seu comentário