Chapecoense libera 2 mil pessoas no gramado em velório de sábado

São Paulo, SP

02-12-2016 10:47:46

Por meio de nota divulgada em seu site oficial na manhã desta sexta-feira, a Chapecoense informou que os corpos das 71 vítimas do acidente aéreo da última terça, na Colômbia, já foram identificados e serão liberados para repatriação após o embalsamento. O clube ainda avisou que permitirá o acesso de 2 mil pessoas ao gramado da Arena Condá, onde será realizado o velório coletivo, na manhã deste sábado.

Segundo o clube, o acesso ao gramado será restrito aos familiares, autoridades e pessoas ligadas à Chapecoense. Os torcedores poderão se despedir das vítimas das arquibancadas, que abrigarão no máximo 19 mil pessoas, obedecendo as normas de segurança. Por isso, telões serão instalados no entorno do estádio para transmissão do cerimonial.

“A diretoria da Chape faz um apelo aos torcedores que não tiverem a oportunidade de entrar na Arena para acompanhar o cerimonial. Os dirigentes pedem a compreensão de todos devido ao grande número de pessoas esperado, em proporção à capacidade do estádio”, solicitou o clube.


O velório terá duração de duas horas, aproximadamente, informou o clube catarinense. Na sequência, os corpos das vítimas que não são de origem de Chapecó serão transladados para outras cidades.

A previsão é que três aviões da Força Aérea Brasileira (FAB), responsáveis pelo transporte dos caixões, partam de Medellín para Chapecó a partir das 19 horas (de Brasília) desta sexta-feira. Um quarto voo com vítimas que não eram de Chapecó pousará em São Paulo.

Haverá um intervalo de 15 minutos para a chegada das três aeronaves em Chapecó, sendo que a primeira deverá pousar no Aeroporto Serafim Enoss Bertaso por volta das 7 horas deste sábado.

Deixe seu comentário