Tite encerra fase de oportunidades e avalia desempenho de apostas

São Paulo , SP
20/11/2019 10:00:01

Em: Brasil, Futebol

No último amistoso de 2019, disputado na manhã de terça-feira, a Seleção Brasileira ganhou da Coreia do Sul por 3 a 0. Para o técnico Tite, o duelo realizado em Abu Dhabi marca o final de um período de chances e experiências conduzidos no time nacional.

“Encerramos a fase de oportunidades, mudanças, modificações de sistema e de oportunizar nomes. Agora, termina esse ciclo para a gente ter condições de projetar competições, porque a necessidade de desempenho e resultado existe”, afirmou Tite, já que as Eliminatórias começam em março de 2020.

A vitória sobre a Coreia do Sul marcou o fim de uma série de cinco partidas consecutivas sem vitória. Nos jogos anteriores, a Seleção Brasileira viveu jejum contra Colômbia (2 x 2), Peru (0 x 1), Senegal (1 x 1), Nigéria (1 x 1) e Argentina (0 x 1).

“De resultado, não (estou satisfeito). Minha expectativa era de melhores resultados”, admitiu Tite. “Mas o sentido principal do período era dar oportunidades aos atletas com uma minutagem maior e com os novos surgindo e se afirmando”, acrescentou o treinador.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Contra a Coreia do Sul, por exemplo, Tite promoveu cinco alterações na equipe titular da Seleção. Uma das novidades do treinador para o duelo em Abu Dhabi, o lateral esquerdo Renan Lodi brilhou ao dar passes para o primeiro e o terceiro gols da Seleção Brasileira.

“Vou dar exemplos: quando tem Paquetá, Fabinho, Militão e Lodi jogando o que jogaram, você diz: ‘Opa!’. Eles chancelam. Começa a ter nesses garotos a possibilidade futura de, mais experientes, disputar com os outros estar na competição oficial”, declarou Tite.