Rebeca diz estar realizada por inspirar tantas pessoas: "Não tenho como não estar feliz"

São Paulo, SP

02-08-2021 06:56:59

Nesta segunda-feira, Rebeca Andrade disputou a final do solo nos Jogos Olímpicos de Tóquio, terminando a prova na quinta colocação. Depois de conquistar medalhas de ouro e prata nas Olimpíadas, a ginasta volta para o Brasil com um grande sorriso no rosto e contente por saber que está inspirando jovens por todo o país.

Mesmo tendo ficado fora do pódio, Rebeca não conseguiu esconder a sua felicidade, garantindo que se divertiu em todos os momentos da competição.

"Eu estou muito feliz com todas as apresentações que fiz, desde o primeiro dia. É uma coisa que vem de dentro para fora, por isso tantas pessoas se encantaram com isso. Amo me apresentar no solo. Estou levando para casa duas medalhas inéditas, que foram conquistadas com muito esforço, suor e o trabalho de muita gente, não tenho como não estar feliz", disse Rebeca à TV Globo.


"As pessoas conheceram bastante sobre a ginástica, a minha história e a história do esporte. Tive conquistas inéditas que vão inspirar muitas pessoas, já estão inspirando. Isso é um orgulho para mim, estou fazendo a diferença, assim como pessoas de outras gerações fizeram a diferença para que eu estivesse aqui. Sou muito grata por ter tido essa oportunidade, por ter sido inteligente o suficiente para não deixar ela passar. Aproveitei o máximo que pude, todos vocês viram isso", completou.

A primeira medalha de Rebeca em Tóquio foi no individual geral. Com uma somatória final de 57.298, a ginasta ficou atrás apenas da americana Sunisa Lee. No dia seguinte, a brasileira subiu no lugar mais alto do pódio ao obter uma média de 15.083 na final do salto, recebendo um ouro inédito.


Deixe seu comentário