Japão reforça medidas contra covid a 100 dias dos Jogos de Tóquio

AFP - São Paulo,SP

09-04-2021 09:29:00

O governo japonês aprovou, nesta sexta-feira, o reforço das medidas contra o coronavírus em Tóquio, menos de três semanas após a suspensão do estado de emergência e pouco mais de 100 dias antes dos Jogos Olímpicos.

"Hoje decidimos tomar medidas intensivas para prevenir uma epidemia em Tóquio, Kyoto e Okinawa", declarou o primeiro-ministro Yoshihide Suga, após uma reunião de ministros e funcionários do governo.

"Tomamos essa decisão, porque o número de infecções aumenta, e tememos que o sistema médico fique sob pressão nessas regiões", acrescentou.

Adiados em um ano devido à pandemia, os Jogos de Tóquio-2020 começam em 23 de julho na capital japonesa, onde os contágios haviam caído, graças ao estado de emergência. Porém, voltaram a aumentar desde a suspensão das restrições em 21 de março.

As novas medidas (menos severas que os rígidos confinamentos impostos em outros países) preveem o fechamento de restaurantes e bares às 20h, sob pena de multas.

Além disso, a cidade de Osaka (oeste do Japão) decretou medidas especiais, após o aumento de casos de covid, e cancelou o revezamento da tocha olímpica nas vias públicas de todo departamento.

A partir de segunda-feira e até 11 de maio, grande parte da capital japonesa estará sujeita a novas medidas semelhantes ao estado de emergência anterior, mas que permitirão concentrar mais facilmente as atenções em surtos infecciosos, segundo as autoridades.

"Para administrar a crise, pedi que medidas especiais fossem aplicadas em Tóquio", disse a governadora da cidade, Yuriko Koike, a repórteres na quinta-feira.

"É urgente que adotemos mais medidas e mais fortes, como a redução do fluxo de pessoas entre as grandes cidades, porque, senão, vamos assistir a uma propagação dos contágios", acrescentou Koike.

Deixe seu comentário