Gazeta Esportiva |

Russa quatro vezes campeã mundial da natação também cai no antidoping

Em Mais Esportes, Natação, Olimpíadas 2016
Publicado em 21/03/2016 13:25:07 Compartilhe
São Paulo , SP
(Foto: Alexander Nemenov/AFP)
Com 23 anos, Efimova era uma das maiores esperanças de medalha da natação russa (Foto: Alexander Nemenov/AFP)

Os escândalos por doping não param na Rússia. Após a ex-número 1 de tênis do mundo, Maria Sharapova, e diversos outros atletas russos serem pegos no exame antidoping, a nadadora Yulia Efimova, de 23 anos, pode ser banida do esporte pelo uso da mesma substância que vem tirando os atletas do país de diversas modalidades.

Leia mais:

Efimova já havia sido pega no exame antidoping em 2014 por uso de esteroides e foi suspensa por 16 meses. A segunda suspensão levaria ao banimento do esporte. “Perdi um ano e meio devido a minha própria estupidez. Desde então eu monitoro cuidadosamente qualquer cousa que entra no meu corpo e dou a certeza que qualquer medicamento que tomei ou tomo são permitidos”, afirmou em entrevista à TV estatal da Rússia.

“Eu categoricamente rejeito a acusação de doping. Nós estamos preparando minha defesa para o caso. Temos a intenção de ter a acusação completamente negada e provar que eu não infringi as regras antidoping. Eu continuo treinando com a esperança de competir nos Jogos Olímpicos no Rio”, completou Efimova. A atleta afirmou que chegou a usar a substância por questões médicas, mas deixou de ingerir após o químico ser proibido pela Wada (Agência Mundial Antidoping) no dia 1º de janeiro.

A farmacêutica letã Grindeks, que produz o Meldoniun, afirmou que apesar da meia-vida da substância dentro do organismo humano ser de quatro a seis horas, sua eliminação por completo pode demorar “vários meses dependendo de uma variedade de fatores”.

A nadadora possui quatro títulos mundiais (50m peito em 2009 e 2013, 100m peito em 2015 e 200m peito em 2013) e uma medalha de bronze nos 200m peito nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012. Efimova competiu, também, em Pequim, 2008, quando tinha apenas 16 anos, e foi quarto lugar nos 100m peito.

Comente