Gazeta Esportiva |

Obama cita diversidade genética como razão para sucesso dos EUA no Rio

Em Mais Esportes, Olimpíadas 2016
Publicado em 07/09/2016 08:49:34 Compartilhe
São Paulo , SP
Obama elogiou o desempenho dos Estados Unidos no Rio 2016 (Foto: Saul Loeb/AFP)
Obama elogiou o desempenho dos Estados Unidos no Rio 2016 (Foto: Saul Loeb/AFP)

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, comentou, em discurso feito no Laos, país asiático, o sucesso de seu país nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, disputados no último mês de agosto, entre os dias 5 e 21.

Leia mais:

Com muito samba, Rio dá adeus aos Jogos e boas-vindas a Tóquio 2020

Segundo o mandatário, a diversidade de origens dos americanos ajuda no desempenho da nação em competições esportivas. “Temos pessoas de todos os lugares, então conseguimos formar atletas altos, que sirvam para o basquete ou a natação. Mas também temos competidores baixos, que se tornam fortes na ginástica”, explicou.

O presidente dos Estados Unidos citou este tópico para mostrar que a diversidade é algo positivo, buscando pacificar regiões de tensões étnicas constantes. “Nossa diversidade nos ajuda muito no esporte. Acho que é uma boa metáfora”, declarou Obama, que concluiu, sem modéstia: “Os Estados Unidos foram muito bem no Rio”.

Ao todo, nos Jogos Olímpicos do Rio, os Estados Unidos conquistaram 121 medalhas, sendo 46 de ouro, 37 de prata e 38 de bronze, liderando o quadro com folga, já que a vice-líder, a Grã-Bretanha, subiu 27 vezes ao lugar mais alto do pódio.

Além do destaque como país mais vencedor dos Jogos, os EUA tiveram alguns dos atletas mais vitoriosos no Rio. Na natação, Michael Phelps levou cinco ouros, enquanto Katie Ledecky conquistou mais quatro. Na ginástica, Simone Biles encantou o mundo, subindo quatro vezes no lugar mais alto do pódio.

Comente