Gazeta Esportiva |

Equipe masculina faz história e consegue vaga inédita nas Olimpíadas

Em Ginástica, Mais Esportes, Olimpíadas 2016
Atualizado em 26/10/2015 - 23:03:27 Compartilhe
São Paulo , SP
Esta é a primeira equipe brasileira masculina de ginástica a se classificar para os Jogos Olímpicos (Foto: Reprodução/Facebook/CBG)
Esta é a primeira equipe brasileira masculina de ginástica a se classificar para os Jogos Olímpicos (Foto: Reprodução/Facebook/CBG)

Depois de muita expectativa, esta segunda-feira tornou-se um dia histórico para a ginástica brasileira. Após apresentação na subdivisão das eliminatórias, durante o último domingo, no Mundial de Glasgow, na Escócia, a equipe masculina canarinho recebeu a notícia de que, com 349,057 pontos e a sétima posição na fase classificatória, está garantida nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016, pela primeira vez na história do país.

O feito foi conseguido pela equipe liderada pelo campeão olímpico Arthur Zanetti, que tem a seu lado Arthur Nory, Caio Souza, Francisco Barreto, Lucas Bittencourt, Péricles Silva e Diego Hypolito (reserva). O time verde-amarelo ainda disputa a final do Mundial na tarde desta quarta-feira (28).

Os atletas brasileiros se apresentaram na manhã do último domingo, e ficaram na expectativa pela vaga desde então. De acordo com a classificação, divulgada na noite desta segunda, os oito já qualificados à decisão do torneio e às Olimpíadas são, nesta ordem: Japão (358,884 pontos), China (357,027), Reino Unido (354,417), Rússia (352,692), Estados Unidos (350,332), Suíça (350,127), Brasil (349,057) e Coreia do Sul (346,166).

A vaga histórica não foi o único feito inédito dos brasileiros em Glasgow. Classificado à final da barra fixa, Arthur Nery foi o terceiro nas eliminatórias (com nota de 15,300) será o primeiro representante verde-amarelo a lutar pelo título individual do aparelho no mundial. Ele também estará na decisão do geral, ao lado de Lucas Bittencourt.

Entre as mulheres, Flávia Saraiva e Lorrane Oliveira disputarão a final geral individual. Mas a equipe feminina por pouco não conseguiu um lugar entre as classificadas, e ficou com o nono posto. O time brasileiro seguirá tentando a vaga para competir nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em evento-teste a ser realizado em 2016.

Comente