Gazeta Esportiva |

Andy Murray recusa Vila Olímpica e dividirá apartamento com equipe no Rio

Em Mais Esportes, Olimpíadas 2016, Olimpíadas Destaque, Tênis
Publicado em 04/05/2016 10:11:42 Compartilhe
São Paulo , SP
Andy Murray aposta em isolamento no Rio 2016 para faturar mais uma medalha de ouro (Foto: Leon Davis/AFP)
Andy Murray aposta em isolamento no Rio 2016 para faturar mais uma medalha de ouro (Foto: Leon Davis/AFP)

Andy Murray não irá se alojar na Vila Olímpica nos Jogos do Rio de Janeiro. Ao contrário de Rafael Nadal, que garantiu que se hospedará no local como a maioria dos atletas costumam fazer, o britânico dividirá um apartamento com o restante de sua equipe, acreditando ser um dos ingredientes para uma receita de sucesso que tem como resultado final a tão sonhada medalha de ouro.

“Não ficarei na Vila, ficarei em um apartamento com os meus colegas de equipe”, disse Murray após vencer o tcheco Radek Stepanek por 2 sets a 1 em sua estreia no Masters 1000 de Madri. Assim como em Londres 2012, quando também recusou a Vila Olímpica, o atual número dois do mundo mira concentração total para faturar o bicampeonato nas Olimpíadas.

“Para ser honesto tive ótimos momentos quando fiquei na Vila em Pequim, mas meu tênis foi bem ruim lá. Fiz algo diferente durante Londres e deu certo para mim. A minha função é tentar jogar o melhor possível e buscar uma medalha para o meu país”, comentou o número dois do mundo.

Andy Murray não será o único tenista que preferiu não se hospedar na Vila Olímpica. Roger Federer, um de seus rivais, ficará em uma mansão em Angra dos Reis, que pertence a Jorge Paulo Lemann, um dos mais poderosos empresários brasileiros e ex-campeão brasileiro de tênis.

Comente