Mais Esportes/Ginástica

Larry Nassar faz apelo para redução de pena, mas pedido é recusado

São Paulo , SP
05/04/2019 10:32:51

Em: Bastidores, Ginástica, Mais Esportes
Essa não é a primeira vez que há uma tentativa de redução da pena (Foto: Jeff Kowalsky/AFP)

Nesta semana, Larry Nassar, ex-médico da seleção de ginástica dos Estados Unidos, fez um apelo para reduzir a sua pena de 40 anos de prisão por abuso sexual contra atletas. A Corte norte-americana, no entanto, rejeitou o pedido.

A pena de 40 anos foi imposta em 2018, e no último mês de agosto, Nassar e seus advogados já haviam tentado uma redução. O ex-médico tem acusações em Eaton e Ingham, dois condados de Michigan, e a atual rejeição é relativa às acusações que Nassar enfrenta em Eaton.

Estima-se que Larry Nassar tenha abusado sexualmente de mais de 100 vítimas, e suas penas acumuladas somam 360 anos. Além disso, o ex-médico cumpre também pena por pornografia infantil e pedofilia. Em 2117, se chegasse aos 154 anos de idade, Nassar estaria elegível para liberdade condicional.