Caio Souza fica em décimo terceiro lugar no Mundial de Ginástica; chinês garante o ouro

São Paulo, SP

22-10-2021 09:19:21

Nesta sexta-feira, foi disputada a final do individual geral masculino do Mundial de Ginástica Artística. Único brasileiro na decisão, Caio Souza teve um bom desempenho, mas ficou em 13º lugar. O campeão foi o chinês Zhang Boheng (87.981). Hashimoto Daiki (87.964), do Japão, ficou em segundo, e o ucrâniano Illia Kovtun (84.899) em terceiro.

Na somatória das apresentações, o brasileiro ficou com 82.665. Caio teve bom desempenho no salto (14.633), nas barras paralelas (14566), na barra fixa (14.000) e no solo (13.300). Contudo, no cavalo, último aparelho de Caio, o atleta cometeu um erro e ficou com 12.200.

"Independente da ordem que você vai, tem que estar preparado para qualquer coisa. Não importava se eu iria começar no cavalo, se eu ia terminar no cavalo, treinamos para, independente de onde começarmos, fazer nosso trabalho. Ginástica é isso, é momento. Infelizmente, a queda veio. Agora é esfriar a cabeça, porque domingo tem mais", disse Caio ao Sportv.

 

O brasileiro ainda tem chance de subir ao pódio deste Mundial. Caio está classificado para a final das paralelas. Na classificatória, o atleta ficou com a nona colocação, contudo, como há um limite de ginastas por país e, com três chineses na tabela, ele conquistou a vaga. A decisão será disputada neste domingo.

"Desde que comecei a competir mundialmente, em 2014, sempre foi um sonho pegar uma final de paralela no Campeonato Mundial. Conseguir esta final pra mim já é uma vitória muito grande, agora é tentar executar melhor do que eu fiz na classificatória", completou.

O Brasil possui uma representante nas finais femininas. Rebeca Andrade se classificou para as decisões das barras assimétricas, da trave e do salto. A brasileira inicia sua busca por medalhas neste sábado.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário