Marcelo Chierigini supera norte-americano e leva ouro nos 100m livre no Pan

São Paulo, SP

08-08-2019 23:34:50

A noite desta quinta-feira (8) foi marcada por mais pódios verde-amarelos na natação dos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru. O Brasil já havia conquistado 12 medalhas nos dois primeiros dias de competição da modalidade e conseguiu novas premiações, conduzido pelo ouro de Marcelo Chierighini nos 100m livre.

O brasileiro foi o mais rápido da prova, com 48s09, e superou a estrela norte-americana Nathan Adrian (48s17), que conquistou o ouro na prova dos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, e foi oito vezes ao pódio no mesmo ano. O bronze ficou com Michael Chadwick (48s88), também dos Estado Unidos.

Um pouco antes, Larissa Oliveira terminou na terceira posição na disputa feminina, registrando 55s25. A primeira colocação e o ouro acabaram nas mãos da norte-americana Margo Geer (54s17), enquanto a canadense Alexia Zevnik (55s04) terminou com a medalha de prata.

Na última prova da noite, no revezamento 4x100m medley misto, o Brasil brilhou novamente. O time dos Estados Unidos fez o melhor tempo, com 3m42s96. Na sequência, a equipe brasileira fez 3m48s61 para superar o Canadá (3m49s97) e ficar momentaneamente com a prata. Na sequência, contudo, os norte-americanos sofreram uma punição e acabaarm desclassificados, o que rendeu o ouro ao time brasileiro.

Nos 100m costas, Etiene Medeiros levou mais um bronze para o Brasil ao terminar com o tempo de 1m00s67, ficando atrás das norte-americanas Danielle Hanus (1m00s34) e Phoebe Bacon, a única a baixar a casa do minuto, com 59s47.

Ainda na noite desta quinta, o brasileiro Guilherme Guido ficou com o segundo lugar nos 100m costas, com 53s54, sendo superado pelo norte-americano Daniel Carr (53s50). A terceira colocação teve Dylan Carter (54s42), de Trinidad e Tobago.

Já nos 800m livre feminino, Viviane Jungblut conquistou o bronze, com o tempo de 8m36s04. O ouro ficou com a argentina Delfina Pignatiello (8m29s42), seguida pela norte-americana Mariah Denigan (8m34s18).

Nos 800m livre masculino, Miguel Leite Valente fechou em 7m56s37 para ficar com a prata, sendo superado pelo norte-americano Andrew Abruzzo, que cravou 7m54s70. Já o mexicano Ricardo Vargas ficou em terceiro.


Deixe seu comentário