Ansu Fati e Hanna Bennison vencem o prêmio NxGn 2021

São Paulo, SP

23-03-2021 12:34:23

Ansu Fati, do Barcelona, e Hanna Bennison, do Rosengard, foram escolhidos como os melhores jovens jogadores do futebol mundial, terminando no topo do prêmio Goal NxGn 2021.

O NXGN seleciona os melhores atletas da nova geração no planeta, com listas separadas para o futebol masculino e feminino. Para o ranking deste ano, foram considerados apenas jogadores nascidos em ou após 1º de janeiro de 2002, ou seja, até 19 anos de idade.

A lista do NXGN é escolhida pela rede mundial de jornalistas da Goal, espalhados por 44 países, com centenas de especialistas em futebol contribuindo para a lista final de jovens talentosos.

PEDRI ANSU ILAIX PREMIOS

Ao ser apresentado a seu prêmio, Fati, em entrevista exclusiva à Goal, disse: “Quero agradecer às pessoas que votaram em mim e, claro, a meus companheiros de time, sem eles isso não seria possível, assim como a todos os treinadores que trabalharam comigo.”

Perguntado se estará em campo na Euro 2020, Fati afirmou: “Gostaria de estar lá, mas antes preciso me recuperar da minha lesão. Não sei o que vai acontecer no futuro, mas é um sonho para qualquer jogador poder disputar uma Euro.”

O início da carreira profissional tem sido incrível para Fati até aqui. Já convocado para a seleção espanhola, o atacante se tornou o jogador mais jovem a marcar com a camisa do Barcelona, em uma partida de Liga dos Campeões da Uefa.

A vitória de Fati o deixa um lugar acima de Eduardo Camavinga, do Rennes, e Gio Reyna, do Borussia Dortmund, que terminaram na segunda e terceira colocações gerais, respectivamente.

Mas enquanto o Barcelona conta com três jogadores na lista de 50 nomes, o Ajax, tradicional revelador de joias para o futebol, foi o clube mais citado nas listas de 2021: foram cinco atletas no masculino e uma, no feminino.

Já entre os brasileiros, o destaque fica por conta do meia Reinier, 10º colocado no geral, que busca sua evolução no futebol europeu com as cores do Borussia Dortmund, onde atua emprestado pelo Real Madrid. Gabriel Veron (Palmeiras, 12º lugar), Kaio Jorge (Santos, 19º), Yan Couto (Granada, emprestado pelo Man City, 35º) e Talles Magno (Vasco, 41º) são os outros brasileiros da lista.

Vencedora entre as mulheres, Hanna Bennison também comemorou ao receber seu prêmio: “A sensação é ótima. Não era nada que eu estava esperando, então fico muito feliz e grata.”

Ainda dando seus primeiros passos no futebol, a sueca tem sonhos grandes para a carreira: “Quero disputar uma final da Liga dos Campeões. Também sonho em jogar uma Copa do Mundo com a seleção nacional e me tornar uma das melhores jogadoras do mundo.”

Bennison começou a mostrar seu talento entre os profissionais com apenas 15 anos de idade, quando fez sua estreia pelo Rosenborg e logo assumiu um dos postos no time titular, sendo fundamental na conquista da Damallsvenskan, o campeonato feminino da Suécia, em 2018/19.

Aos 18 anos, Bennison marcou seu primeiro gol na Liga dos Campeões em dezembro com um lindo chute diante do Lanchkhuti – apenas mais uma prova do talento de quem ainda busca superar um ano difícil, de lesões, que permitiram que a jovem jogasse apenas cinco vezes em 2020.

Bennison é a segunda mulher a ser premiada com o NXGN após Lena Oberdorf, então jogadora do SGS Essen, quando venceu a primeira edição do ranking feminino do NXGN, em 2020.

Entre os homens, a lista de vencedores das outras edições inclui nomes como Rodrygo, Jadon Sancho, Justin Kluivert, Gianluigi Donnarumma e Youri Tielemans.

A lista completa do NXGN masculino pode ser lida na Goal clicando aqui.

A lista completa do NXGN feminina pode ser lida na Goal clicando aqui.

Deixe seu comentário