Paraná Clube faz a lição de casa e bate o Náutico

Luiz Felipe Fagundes, correspondente - Curitiba,PR

28-07-2015 21:32:38

Curitiba (PR) – O Paraná Clube conseguiu fazer a lição de casa diante do Náutico e venceu por 2 a 0 diante do torcedor, na Vila Capanema, com dois gols marcados na primeira etapa, avançando na classificação da Série B do Campeonato Brasileiro. Com 19 pontos ganhos, o Tricolor sobe para a 11ª posição, se afastando gradualmente do grupo de baixo. Já o Timbu, com 27 pontos, vê ameaçada sua posição no G4.

O Tricolor começou com tudo e logo aos quatro minutos da primeira etapa, Rafael Costa aproveitou sobra de bola para chutar rasteiro e abrir o placar. Aos 18 minutos, foi a vez de Fernando Viana marcar e ampliar para garantir os três pontos.

Na próxima rodada, o Paraná Clube encara o CRB, sábado, novamente na Vila Capanema. Já o Náutico volta a campo no mesmo dia para enfrentar o Macaé, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata.

O jogo – Empolgado pela presença de público na Vila, o Tricolor foi para cima e, aos quatro minutos, aproveitando erro em saída de bola do Timbu, Rafael Costa aproveitou a sobra de bola na entrada da área e chutou no cantinho para balançar as redes e abrir o placar. Os donos da casa marcavam forte, mas não conseguiam aproveitar para contra-atacar. Aos 10 minutos, Marino chutou de longe e Marcos defendeu.

Seguindo o que foi pedido pelo técnico Fernando Diniz, o Paraná tocava bola. Até que, aos 18 minutos, em uma arrancada de Jean, a bola sobrou nos pés de Fernando Viana, que dominou na área e soltou o pé para ampliar a vantagem. O Náutico parecia assustado com o estilo de jogo do Tricolor, com muitos passes, a grande maioria precisa. Era o tiki taka paranista funcionando novamente.

O Náutico tentou reagir. Aos 31 minutos, Hitinho tentou o cruzamento, ninguém desviou e Marcos foi no cantinho para evitar o gol. Aos 35 minutos, Guilherme cobrou falta na área, a bola desviou e foi pela linha de fundo. O ritmo caiu depois da correria que foi a primeira etapa para os dois lados.

Depois do intervalo, os times retornaram sem alterações. Aos três minutos, bom lançamento para Henrique, e Júlio César deixou a meta para interceptar. Na resposta, aos 10 minutos, Renato recebeu na entrada da pare e chutou forte, por cima da meta. O Paraná voltou a assustar aos 12 minutos, com Rafael Costa, que chutou colocado, para fora, mas com muito perigo.

A partida era equilibrada, com as duas equipes buscando o gol. Aos 29 minutos, Gil Mineiro passou pela defesa tricolor e chutou em cima de Marcos, que saiu bem da meta. Do outro lado, aos 34 minutos, quem chegou foi Ricardinho, que pegou rebote da defesa e mandou o petardo, que explodiu na trave. O Náutico cansou e facilitou a defensiva paranista, que administrou bem até o final para garantir os três pontos.

Deixe seu comentário