Futebol/Campeonato Brasileiro

Palmas de Biro Biro vão para súmula e podem render julgamento do STJD

São Paulo , SP
03/09/2015 10:08:24

Em: Brasileiro Série A, Futebol, Ponte Preta
Após apitar partida cheia de polêmica, árbitro (ao fundo) relata indisciplina de Biro Biro na súmula (Foto: Mauro Horita/Light Press)
Após apitar partida cheia de polêmica, árbitro (ao fundo) relata indisciplina de Biro Biro na súmula (Foto: Mauro Horita/Light Press)

Expulso após o apito final da derrota por 2 a 1 para o Cruzeiro, o atacante Biro Biro tem boas chances de acabar de frente para o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O pontepretano levou o cartão vermelho ao reclamar com o árbitro Emerson Luiz Sobral e teve o comportamento relatado na súmula.

O dono do apito argumenta ter mostrado o cartão vermelho com base na indisciplina de Biro Biro, por ele “bater palmas de maneira irônica” após o final do jogo. Além da suspensão automática que desfalca o atacante da Macaca contra a Chapecoense, o comportamento deve ser denunciado pela Promotoria do STJD.

O jogador pode ser denunciado por descumprir o Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Mais precisamente sendo enquadrado no segundo inciso do artigo 258, que prevê pena de uma a seis partidas por “desrespeitar os membros da equipe de arbitragem ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões”.

Se levado a julgamento e suspenso, Biro Biro representaria grande perda para o setor ofensivo pontepretano. A equipe campinense já amarga quatro rodadas sem vencer no Campeonato Brasileiro, tendo marcado apenas dois gols nesta sequência. A vantagem para a zona de rebaixamento é de quatro pontos.