Julinho Camargo poupa atacantes pela falta de gols e divide responsabilidade

São Paulo, SP

13/08/15 | 16:47

Julinho Camargo sabe da situação complicada que vive o Goiás. Após mais um resultado decepcionante, na última quarta-feira, o Esmeraldino acumulou o sexto jogo sem vitória. Para piorar, a equipe não marcou sequer um gol neste período. O treinador evitou culpar os atacantes pelo fato e ressaltou que a responsabilidade deve ser dividida por todos.

“Não coloco assim. O processo de culpa não é do atleta ou do pessoal da frente. É de todo mundo, eu me incluo nesta situação. O que eu tenho claro é que a gente trabalha muito no sentido de dar ferramentas para o atleta decidir melhor. Nunca vou deixar isso de lado. Mas estamos com essa dificuldade e ela é muito clara”, disse.

“Não vou descansar enquanto não resolver este problema. Os outros setores estão funcionando. A gente é um time seguro. A gente não corre riscos. Criamos pouco, mas temos que fazer o gol. Vamos continuar trabalhando”, completou.

Na zona de rebaixamento, com 16 pontos, o Goiás está a quatro do Figueirense, primeiro time fora do Z4. Mesmo que vença o São Paulo, no próximo sábado, às 21h (de Brasília), no Morumbi, o Esmeraldino virará o primeiro turno na região incômoda da tabela.

 

Julinho Camargo reconhece o jejum de gols do Goiás no Brasileirão (foto: Divulgação/Goiás E.C.)
Julinho Camargo reconhece o jejum de gols do Goiás no Brasileirão (foto: Divulgação/Goiás E.C.)

Deixe seu comentário