Futebol/Brasileirão Série B

Guarani vence Sampaio Corrêa e se redime após estreia com derrota

São Paulo , SP
21/04/2018 18:26:00 — 21/04/2018 18:31:51

Em: Brasileiro Série B, Futebol, Guarani, Sampaio Corrêa

O Guarani conquistou uma importante vitória neste sábado para se recuperar na Série B do Campeonato Brasileiro. Recebendo o Sampaio Corrêa no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, o Bugre viu os visitantes começarem a partida de forma ousada e indo para cima, contudo, aos poucos fez valer o fator casa e, graças a Denner e Guilherme, conseguiu sair de campo com o triunfo por 2 a 0.

Com o resultado, o Guarani, ao menos, compensa a derrota para o Fortaleza sofrida na primeira rodada por 2 a 1. Tentando aproveitar o bom momento após garantir o retorno à elite do futebol paulista, o Bugre ainda tenta embalar na Série B. Na próxima rodada, o time campineiro terá pela frente o Atlético-GO, fora de casa. Seu adversário deste sábado, o Sampaio Corrêa, também irá a Goiânia, mas para pegar o Vila Nova, no Serra Dourada.

Guarani venceu a primeira na Série B neste sábado (Foto: Lucas Almeida/Sampaio Corrêa)

O jogo – Precisando se recuperar da derrota sofrida na primeira rodada para o Fortaleza, o Guarani tentou fazer prevalecer o mando de campo, porém, o Sampaio Corrêa não se intimidou jogando longe de seus domínios e tratou de mostrar um bom futebol no Brinco de Ouro. Aos 27 minutos, inclusive, quase abriu o placar com Uilliam, que recebeu passe açucarado de Marlon, mas pegou muito embaixo na bola e mandou por cima do gol.

O Guarani, por sua vez, respondeu logo em seguida, aos 28, quando Rondinelly tabelo com Kevin pela esquerda e bateu cruzado. Caíque apareceu para completar de carrinho, entretanto, o atacante não conseguiu alcançar a bola, que passou na sua frente.

A partida seguiu bastante movimentada. Aos 30 minutos, Marlon bateu colocado, forçanado o goleiro do Guarani, Bruno Brígido, a fazer excelente defesa. O Bugre não se abalou e seguiu persistente. Pouco antes do apito final, aos 44, Bruno Moura carimbou a trave ao levar para o meio e soltar chute venenoso. Quatro minutos depois, já nos acréscimos, Denner foi mais feliz e aproveitou o cruzamento de Rondinelly para estufar as redes e colocar o Guarani em vantagem no marcador.

No segundo tempo o Guarani, com a vantagem, precisou se esforçar ainda menos para manter o placar aos cinco minutos, quando Kaike foi expulso após receber o segundo cartão amarelo. Lenon arrancou pela direita, em direção à linha de fundo, mas foi parado pelo lateral brutamente.

Com um a menos, o técnico Francisco Diá teve de sacar o meia Danielzinho para a entrada do volante João Vitor em busca de uma maior consistência defensiva. Se preocupando mais em não sofrer novos gols do que tentar o empate, o Sampaio Corrêa permaneceu atrás por boa parte do tempo, se lançado ao campo ofensivo somente quando havia espaço para contra-ataques. Assim, bastou ao Guarani levar o jogo a ‘banho-maria’ e antes do apito final ampliar com o estreante Guilherme, que bateu forte, sem chances ao goleiro Andrey, para somar seus primeiros três pontos na Série B.

FICHA TÉCNICA
GUARANI 2 X 0 SAMPAIO CORRÊA

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP)
Data: 21 de abril de 2018, sábado
Horário: 16h30 horas (de Brasília)
Árbitro: Wanderson Alves de Sousa (MG)
Assistentes: Marcio Eustaquio Sousa Santiago (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG)
Público: 4.644 pessoas
Renda: R$ 50.342,00

Cartões amarelos: Lenon, Phillipe Maia e Rondinelly (Guarani); Kaike, Silva e Uilliam (Sampaio Corrêa)
Cartão vermelho: Kaike (Sampaio Corrêa)
Gols: Denner, aos 48 minutos do 1ºT, e Guilherme, aos 44 minutos do 2ºT (Guarani)

GUARANI: Bruno Brígido; Lenon, Philipe Maia, Anderson e Marcílio (Kevin); Baraka, Ricardinho, Denner e Rondinelly (Guilherme); Caíque (Pedro Bortoluzo)  e Bruno Nazário
Técnico: Umberto Louzer

SAMPAIO CORRÊA: Andrey; Bruno Moura (Diego Silva), Maracás, Joécio e Kaike; Silva, William, Marlon e Danielzinho (João Vitor); Bruninho (Carlão) e Uilliam
Técnico: Francisco Diá